PUBLICIDADE

Fuvest 2022: Tema da redação na segunda fase é 'As diferentes faces do riso'

Candidatos devem explorar 'aspectos distintos do riso, que podem ser entendidos como característica universal do ser humano, crítica política, enquadramento social e, inclusive, como forma de resistência', segundo nota

16 jan 2022 16h25
| atualizado às 22h18
ver comentários
Publicidade

O tema da redação na segunda fase da Fuvest foi "As diferentes faces do riso". A prova teve início às 13h deste domingo e também trouxe questões de Português. Os testes de disciplinas específicas, de acordo com o curso pretendido, serão feitos na segunda-feira, 17.

Cinco textos de apoio foram disponibilizados para ajudar os candidatos na "compreensão e interpretação" da proposta de redação. Segundo a Fuvest, o objetivo é que os textos explorem "aspectos distintos do riso, que podem ser entendidos como característica universal do ser humano, crítica política, enquadramento social e, inclusive, como forma de resistência", dentre outras possíveis abordagens pertinentes ao tema.

Para Maria Aparecida Custódio, professora de Redação do Colégio Objetivo, o tema proposto foi "surpreendente e deve ter assustado os candidatos", mas ela acredita que não haverá dificuldade no desenvolvimento do texto. "Após a leitura da coletânea, com certeza houve algum subsídio para produzir o texto. Lembrando que se trata de um tema universal e atemporal. O riso se manifesta tanto em situações de alegria quanto tristeza, sarcasmo, frustração (aquele riso nervoso) e até como forma de terapia", avalia. "O candidato pode ter explorado isso não só com base nos textos, mas também no próprio repertório sociocultural."

Já Vanessa Bottasso, professora de Redação do curso pré-vestibular da Oficina do Estudante de Campinas, acredita que a proposta seguiu o padrão da Fuvest de anos anteriores ao "oferecer uma frase temática clara, sustentada por uma coletânea reflexiva e instigadora". "O tema propõe uma reflexão profundamente atual e situada entre os mais importantes debates da sociedade brasileira e mundial, que fazem refletir sobre a vida e o prazer de vivê-la em meio às crises contemporâneas", diz, completando que a redação deve provocar o candidato à "articulação de ideias e representações do riso para discutir as variadas formas e funções por ele exercidas, tanto individual quanto social e culturalmente".

"Era importante organizar o texto em torno de uma tese que ele defendesse. A Fuvest também tem uma característica muito importante de que todos os textos da coletânea de apoio precisam ser contemplados. O candidato precisa entender qual o fio condutor desses textos motivadores e explorar esse sentido de leitura da prova", explicou Fernanda Zara, professora de Redação do Poliedro Colégio.

A saída dos candidatos foi autorizada a partir das 15h. Ao todo, os concorrentes disputam 11.147 vagas para o ensino superior da USP em 2022, das quais pelo menos 8.211 serão preenchidas por meio da Fuvest. Dos mais de 30 mil convocados para essa fase, 2.177 não compareceram neste domingo, cerca de 7% do total.

A lista de aprovados será divulgada no próximo dia 11.

Estadão
Publicidade
Publicidade