Com mais de 2 milhões de faltosos, Enem tem prejuízo de R$ 103 milhões

Na maior edição da história do exame, mais de 2 milhões de candidatos faltaram às provas

28 out 2013
10h51
atualizado às 10h51
  • separator
  • comentários

A edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicada neste fim de semana em todo o País, registrou mais de 2 milhões de faltosos, um recorde desde a criação da avaliação há 15 anos. Levando em conta o custo por aluno para a aplicação das provas, que ficou em R$ 49,86, o prejuízo com as ausências chega R$ 103 milhões.

Conforme balanço parcial divulgado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, a taxa de abstenção ficou em torno de 29%, o que, segundo ele, "está mais ou menos dentro do padrão". No ano passado, o percentual ficou em 27,9%; em 2011, em 26,4%; em 2010, em 28,8%; e em 2009, em 37,7%.

Segundo os dados do MEC, 5 milhões de candidatos efetivamente participaram da edição deste ano do Enem, um crescimento de 20% em relação ao ano passado. Estavam inscritos mais de 7,1 milhões de candidatos para o exame deste ano, número recorde e que foi comemorado por Mercadante como "o segundo maior exame do planeta".

Enem
O Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) foi criado há 15 anos e se consolidou como um dos índices de avaliação da educação brasileira e também como principal meio de acesso às universidades públicas do Brasil. Atualmente, apenas duas das 10 principais instituições federais ainda não adotaram a prova para ingresso por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – situação que, seguindo a tendência atual, deve atingir 100% de adesão nos próximos anos.

Em 2013, foram mais de 7 milhões de inscritos , que podem concorrer a cerca de 1,1 milhão de vagas em instituições públicas e privadas por meio do Sisu, do Programa Universidade para Todos (Prouni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

As provas ocorreram neste fim de semana, sábado e domingo. No primeiro dia, foram aplicados os testes de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias . Os candidatos tiveram quatro horas e trinta minutos para resolver as questões. Já no segundo dia foram resolvidas as questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias , Matemática e suas Tecnologias e Redação . No domingo, em virtude da Redação, os candidatos tiveram uma hora a mais para terminar o exame.

O gabarito oficial do Enem 2013 será divulgado na página do Inep , órgão responsável pela realização do exame, até o dia 30 de outubro. Até lá, você pode conferir abaixo a correção comentada pelos professores do Cursinho da Poli , ou neste link o gabarito extraoficial de todas as provas sugerido pelos professores do Sistema Ari de Sá , que também comentam as provas em vídeo .

Participou do Enem? Envie para nós seus comentários, fotos e vídeos .

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/ranking-enem/iframe.htm" data-cke-822-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/ranking-enem/iframe.htm">veja o infográfico</a>

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/polemicas-do-enem/" href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/polemicas-do-enem/">Enem 15 anos: confira as polêmicas</a>
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade