Dois brasileiros são finalistas do 'Oscar dos professores'

Global Teacher Prize 2018 anunciou os 50 finalistas

13 dez 2017
12h06
  • separator
  • comentários

A professora italiana Lorella Carimali, e os brasileiros Diego Mahfouz Faria Lima e Rubens Ferronato estão entre os 50 finalistas do "Global Teacher Prize 2018", a premiação que é considerada o "Oscar dos Professores".

Carimali, 50 anos, é professora de matemática do Liceo Scientifico Statale Vittorio Veneto. Ela abandonou a carreira no setor informática para tentar transmitir aos alunos sua "paixão pela matemática".

Já Lima é diretor da Escola Municipal Darcy Ribeiro, na cidade de Rio Preto, em São Paulo, e recebe sua segunda indicação para a premiação internacional. Ele desenvolve diversos projetos escolares, entre os quais, um que ajudou a diminuir a evasão escolar.

Já Ferronato atua na Escola Estadual Dom Pedro II, em Cascavel, no Paraná, e desenvolveu um projeto para ensinar alunos com deficiência visual a aprender matemática. Ele foi um dos desenvolvedores do projeto "Multiplano", que hoje é aplicado em mais de 200 escolas do país.

Em janeiro, os organizadores do prêmio anunciarão os 10 finalistas, que permanecerão na disputa para conquistar US$ 1 milhão. Todos os indicados se comprometeram a doar parte do valor para investir em projetos educacionais em suas unidades escolares.

O vencedor será anunciado em 18 de março do ano que vem em uma cerimônia em Dubai. O "Global Teacher Prize" foi criado para reconhecer o trabalho de professores que tenham dado uma contribuição notável ao ensino em suas escolas. A ideia é valorizar a contribuição fundamental dos mestres no desenvolvimento da sociedade atual.

Veja também

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade