PUBLICIDADE

Jovem compartilha experiência de primeiro emprego e viraliza: ‘Não tenho tempo para nada’

Brielley Asero alcançou mais de 1,7 milhão após contar como tem lidado com o tempo depois de se formar.

27 out 2023 - 19h08
Compartilhar
Exibir comentários
Jovem compartilha experiência de primeiro emprego e viraliza: ‘Não tenho tempo para nada’
Jovem compartilha experiência de primeiro emprego e viraliza: ‘Não tenho tempo para nada’
Foto: Reprodução/Tik Tok

Uma jovem americana chamada Brielly Asero viralizou após postar um vídeo compartilhando como tem sido sua primeira experiência em um emprego. O desabafo chegou a mais 1,7 milhão de visualizações. 

Na publicação, Brielly, que se formou na faculdade em abril deste ano, já começa dizendo “eu devo estar sendo dramática e chata, mas este é o mesmo primeiro emprego de tempo integral, das 9h às 17h, depois de formada e estou levando uma eternidade para chegar lá”, conta. 

Ela explica que trabalha em outra cidade e que não consegue arcar financeiramente com uma mudança. “Eu entro em um trem às 7h30 e só chego em casa por volta das 18h15. Não tenho tempo para fazer nada”, lamenta. 

“Eu quero tomar banho, jantar e dormir. Não tenho tempo nem energia para cozinhar a própria refeição. Não tenho energia para malhar e a academia fica na frente de casa. Estou tão triste”, relata com os olhos cheios de lágrimas. 

Ainda no vídeo, a moça esclarece que o problema não é com o seu trabalho em si, mas com o tempo que leva para chegar até lá. “Sei que poderia ser pior e que eu poderia estar trabalhando mais, mas eu saio no completo escuro. Não tenho energia. Como se tem [tempo para] amigos, me cuidar, ter um namorado?”, desabafou. 

@brielleybelly123

im also getting sick leave me alone im emotional ok i feel 12 and im scared of not having time to live

♬ original sound - BRIELLE

Nos comentários, que tem mais de 22 mil, as opiniões foram majoritariamente contra o formato atual de trabalho. “A semana de trabalho com 40 horas está muito mais do que desatualizada e seus sentimentos são totalmente válidos”, escreveu um internauta. “Me senti exatamente assim, depois de me formar na faculdade, quando tinha 22 anos. Você vai se ajustar. Além disso, ter um emprego pelo qual se é apaixonado ajuda”, opinou outro. 

“Você encontrará uma programação que funciona para você, menina! Faça o seu jantar da semana! Isso me ajuda muito!”, sugeriu outro usuário. 

Ao jornal The Independent, Brielle disse que o vídeo mostra uma necessidade de mudança no funcionamento da sociedade. “Quero poder falar para a próxima geração e explicar que uma semana de trabalho de 40 horas mais deslocamento diário não é necessária para a produtividade”. Ela também agradece aos comentários positivos de usuários e diz esperar que as companhias repensem o modelo atual.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade