PUBLICIDADE

Aniversário de Belo Horizonte: capital mineira completa 126 anos

Conheça mais da história e das comemorações do aniversário de Belo Horizonte

12 dez 2023 - 09h41
(atualizado às 13h23)
Compartilhar
Exibir comentários

O aniversário de Belo Horizonte, em 2023, marca os 126 anos do município mineiro, também conhecido como Beagá ou Cidade Jardim. Moderna e histórica, a capital carrega memórias e novidades responsáveis por marcar a cultura de Minas Gerais, do Sudeste e do Brasil.

A fim de compreender a complexidade que rodeia a cultura de Beagá, fomos conversar com Adriana Romeiro, professora do Departamento de História da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Veja o que descobrimos.

Pôr do sol em Belo-Horizonte.
Pôr do sol em Belo-Horizonte.
Foto: Shutterstock / Brasil Escola

Aniversário de Belo Horizonte: o nascimento da cidade

Antes de tudo, questionamos a professora como a cidade de Belo Horizonte surgiu. Ela conta que Belo Horizonte foi inaugurada em 1897 a partir de um povoado chamado de Curral del Rei.

A cidade foi projetada pelo engenheiro Aarão Reis para ser a capital do estado e substituir Ouro Preto. A educadora nos diz que o projeto de construção de Belo Horizonte era arrojado. 

Ainda no fim do século XIX, foram planejadas grandes avenidas, ruas arborizadas e o desenvolvimento de uma infraestrutura complexa. A professora dá mais detalhes do planejamento da cidade:

A Comissão Construtora da Nova Capital planejou uma cidade com um desenho urbanístico formado por uma grande malha perpendicular, cercada pela Avenida do Contorno, em que as ruas e avenidas obedeciam a um padrão regular, inspirado nas mais modernas cidades europeias

Aniversário de Belo Horizonte: como é comemorado?

Em seguida, questionamos Adriana sobre como são as festas para comemorar o aniversário da capital mineira. Ela diz que a cada ano as celebrações variam muito, mas que de modo geral, são realizadas atividades culturais organizadas pela prefeitura e pela sociedade civil.

Ela ainda conta que como o aniversário é próximo de 25 de dezembro, os festejos tipicamente natalinos, como cantatas, apresentações de corais, iluminação de praças públicas, costumam ser inaugurados neste dia, 12 de dezembro. 

A professora fala sobre uma tradição antiga do aniversário de Beagá, que é a realização de uma missa na Igreja Nossa Senhora de Boa Viagem. Por fim, ela fala que roteiros turísticos para explorar o patrimônio histórico de Belo Horizonte também integram as comemorações.

Carlos Drummond de Andrade, nascido em Itabira, mas teve forte relação com Belo-Horizonte.
Carlos Drummond de Andrade, nascido em Itabira, mas teve forte relação com Belo-Horizonte.
Foto: Wikicommmons.  / Brasil Escola

Cultura de Belo Horizonte

A professora Adriana destaca a abundância da cultura de Belo Horizonte, ela diz: 

Belo Horizonte tem uma cultura rica, vibrante e diversificada, formada na confluência da tradição e da modernidade. Berço de movimentos artísticos de destaque no cenário nacional e internacional

A educadora ainda lista as áreas que Beagá se destaca por ter uma forte contribuição, como culinária, arquitetura, literatura, música, artes plásticas, entre outras. Nesse momento, é bom recordarmos de nomes históricos que imortalizaram Belo Horizonte na literatura como Carlos Drummond de Andrade e Fernando Sabino.

belo-horizonte
belo-horizonte
Foto: Shutterstock / Brasil Escola

Adriana afirma que por Belo Horizonte ter sido povoada por diversos imigrantes de diferentes locais do país e do mundo, a cidade incorporou um variado mosaico cultural que se consolidou ao longo dos anos.  

Quais acontecimentos marcaram a cidade de Belo Horizonte?

Perguntamos também quais acontecimentos históricos marcaram a Cidade Jardim, a professora nos diz que podem ser citados muitos eventos e nos fornece uma lista com alguns dos mais importantes.

Ela começa pela criação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que ocorreu em 1927, depois fala da criação da Lagoa da Pampulha em 1938 e da construção do Conjunto Arquitetônico da Pampulha em 1943. A educadora também comenta sobre a visita do Papa João Paulo II nos anos 80 e sobre a inauguração da Cidade Administrativa, planejada por Oscar Niemeyer.

Por fim, Adriana destaca o alto valor que Belo Horizonte possui na história política e cultural do Brasil.

Por Tiago Vechi

Jornalista

Brasil Escola
Compartilhar
Publicidade
Publicidade