3 eventos ao vivo

Vendas de semijoias aumentam devido a mudança de comportamento dos consumidores

28 ago 2018
15h40
atualizado às 16h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A crise econômica enfrentada pelo Brasil impactou positivamente o mercado das semijoias. Por conta de um encarecimento do custo de vida, as classes A e B, consumidores em potencial de joias, passaram a se interessar pelas semijoias. Por outro lado, as classes C e D que tiveram um aumento no poder de compra, também foram relevantes para aquecer a economia das semijoias.

Foto: Unsplash / DINO

Desde 2015, uma pesquisa do McKinsey Global Institute previu um crescimento de até 6% nas vendas de semijoias, joias e bijuterias. As tendências de mercado indicam que até o ano de 2020, as vendas anuais do segmento possam atingir até 250 bilhões de dólares por ano à nível mundial.

O Brasil que ocupa a 34ª posição entre os países que mais exportam nesse setor, também tem um crescimento expressivo nas vendas de semijoias. E isso acontece por conta da mudança de comportamento dos consumidores, resultado de um período de crise econômica.

O público A e B que optava pelo investimento em joias, demonstra uma tendência maior às compras de semijoias. No Brasil, há cerca de 3.000 empresas de semijoias, que apresentam peças feitas a partir recursos tecnológicos, como impressoras 3D, que garantem produtos de boa qualidade.

Além da qualidade, muitos quesitos são levados em consideração pelo público, na hora de investir em uma semijoia. Entre eles se destaca a facilidade de fazer compras através de plataformas online. O que inclui vantagens como poder escolher as peças a vontade, ter garantia segura para os produtos e evitar a locomoção até uma loja física. Além disso, há a facilidade de saber sobre toda a reputação e confiabilidade de uma loja virtual, já que essas informações estão certificadas no site.

O aumento do poder de consumo das classes C e D nos últimos anos, também demonstrou ser relevante para o crescimento das vendas de semijoias. Os consumidores passaram a buscar produtos com melhor qualidade, mesmo que tenham preços um pouco mais elevados do que as bijuterias.

Para as classes A e B, o preço também é um diferencial. Ao optar por uma semijoia, no lugar de uma joia autêntica, é possível economizar uma porcentagem significativa do valor. E com a recente elevação do custo de vida, a situação econômica tem sido amplamente levada em consideração na hora de comprar acessórios.

Na Waufen você encontra brincos, anéis e colares em semijoias de diversos estilos.

https://www.waufen.com.br/



Website: https://www.waufen.com.br/

Veja também:

A igreja que conecta fiéis a Deus com a ajuda do álcool
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade