0

U.S. Borax lança guia de cultura móvel para ajudar agrônomos, produtores e pesquisadores a identificar e tratar a deficiência de boro no solo.

13 set 2017
13h08
atualizado em 17/9/2017 às 06h19
  • separator
  • comentários

A U.S. Borax, parte da Rio Tinto, lançou um guia de cultura móvel para ajudar agrônomos, produtores e pesquisadores a identificar e tratar a deficiência de boro no solo, um problema crucial enfrentado pela agricultura.

Boro é um micronutriente essencial para o crescimento das plantas. Nos últimos anos, uma atenção maior tem sido dada à função que os micronutrientes, como boro e zinco, têm para a absorção adequada dos macronutrientes.

"A deficiência de boro é o segundo problema de deficiência de micronutrientes mais comum do mundo", disse Malcolm Carr , vice-presidente do setor comercial. "Ao trabalhar com nossos distribuidores e parceiros de pesquisa, vimos a necessidade de aumentar o entendimento da função do boro no solo e na saúde das plantas para produzir maior rendimento de culturas de qualidade."

O guia de culturas móveis otimizadas, que está disponível em https://agriculture.borax.com inclui:

  • Dicas sobre deficiência de boro e orientação de cultivo para mais de 140 culturas.
  • Conteúdo regional específico para períodos de cultivo diferentes, condições de solo e culturas.
  • Orientação especializada, incluindo mais de 42 vídeos e recursos adicionais.
  • Valor na calculadora de uso para ajudar a avaliar como a melhoria da absorção de boro leva a melhor rendimento, qualidade e rentabilidade das culturas.

Exploração agrícola excessiva, condições extremamente quentes ou frias, seca, excesso de chuva ou irrigação e solos arenosos são fatores que podem reduzir o volume de boro disponível para as culturas.

Certas culturas são mais suscetíveis à deficiência de boro do que outras. Por exemplo, maçãs e brócolis tendem a ter um desempenho mais fraco do que bananas e trigo.

A solubilidade do boro é um fator essencial para a eficácia da absorção.

Pesquisas da U.S. Borax e de terceiros nos anos 1940 demonstram que produtos de borato refinados superam os minerais brutos na produção de culturas de alta qualidade.

"Nossa pesquisa mostra uma correlação direta entre a solubilidade do boro e o volume que as plantas absorvem durante as etapas críticas de desenvolvimento", disse Jordi Bru , Diretor de desenvolvimento de mercado global da U.S. Borax. "Um borato refinado 100% solúvel em água, sem impurezas, garante uma nutrição vegetal equilibrada que atende aos padrões ambientais da sociedade."

O guia de cultura móvel e recursos correlatos são a fase um de um projeto plurianual para criar a maior base de dados de deficiência de boro do solo no mundo. Lançamentos futuros vão oferecer conteúdo personalizado para algumas regiões, incluindo Ásia e Europa.

A U.S.Borax, parte do grupo Rio Tinto, fornece cerca de 30% dos boratos refinados do mundo a partir da sua mina de categoria internacional em Boron, Califórnia, 160 km a leste de Los Angeles, para mais de 1.700 locais de entrega globalmente. Saiba mais em agriculture.borax.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: http://www.businesswire.com/news/home/20170913005382/pt/


Contato:

Rio Tinto
John Brown, 303-713-5022
john.brown@riotinto.com


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade