0

UCB entre as melhores Universidades da América Latina

A Universidade entrou no ranking Times Higher Education e figura entre as melhores Instituições de Ensino Superior da América Latina

19 jul 2018
15h52
  • separator
  • comentários

A Universidade Católica de Brasília foi eleita, pelo ranking Times Higher Education 2018 (THE), provedor de dados universitários em todo o mundo, como a melhor Universidade particular do Centro-Oeste, a quarta melhor particular do Brasil e a oitava melhor particular da América Latina. Além disso, estamos entre as 100 melhores Instituições de Ensino Superior da AL (intervalo entre a 61ª e a 70ª posições - já que o levantamento não divulga a classificação específica a partir da 51ª posição).

Foto: DINO / DINO

Para o Magnífico Reitor, Prof. Dr. Ir. Jardelino Menegat, a classificação da UCB é um importante reconhecimento de um grande esforço. "Esse resultado nos orgulha muito", diz. A fórmula para obter essa posição no ranking é o investimento em ensino, pesquisa, extensão, empreendedorismo e inovação. "Aumentamos a qualificação dos nossos professores. Hoje, a maioria deles são mestres e doutores. Todos os nossos cursos têm notas muito boas nas avaliações. Temos um grande foco na extensão. É um pé na Universidade e outro no serviço à sociedade. Fazemos muito esforço para que os alunos sejam protagonistas. Tudo isso cria visibilidade", disse.

O ensino superior brasileiro tem motivos para comemorar. Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil domina a lista: 6 das 10 primeiras posições são de universidades brasileiras. O ranking abrange 10 países, avaliando 129 instituições. O Times Higher Education avalia universidades que são voltadas para pesquisa nos quesitos: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectivas internacionais.

Ao todo são usados 13 indicadores de desempenho: professores (reputação, renda, proporção equipe-aluno, proporção de doutorado para bacharel, taxa de doutorados concedidos ao pessoal acadêmico); pesquisas (reputação, produtividade e renda de pesquisa); citações; perspectivas internacionais (proporção entre estudantes internacionais e nacionais, razão entre trabalhadores internacionais e domésticos e colaboração internacional); e transferência de conhecimentos para a indústria.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade