0

Soluções eco-friendly são alternativas para decoração consciente

Mostra CASACOR revela um universo de possibilidades para o consumo responsável

31 out 2017
11h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Muito além da estética, decorar envolve também conscientização para que as nossas escolhas, para casa ou escritório, possam impactar de forma positiva o nosso maior bem: o meio ambiente. Arquitetos e designers da cidade, atentos à essa realidade necessária, levam para a mostra CASACOR Brasília opções que agregam beleza e também outras demandas sociais, como economia de energia e de água.

Foto: DINO

A Persoluce, por exemplo, grife especializada em projetos luminotécnicos, ilumina boa parte das propostas apresentadas na mostra e em todas leva lâmpadas de LED Brilia Led. A durabilidade é apenas uma das vantagens do led, que oferece ainda redução da energia consumida, uma vez que a mesma é revertida em iluminação e não em calor, ou seja, o desperdício é passado. Também são vantagens a não emissão de radiação IV/UV, o que evita danos à pele, plantas e objetos ou produtos expostos. E por não é composto por metais pesados, como chumbo e mercúrio, o led não exige descarte especial. Todas as soluções diferenciadas são escolhas de grandes profissionais, como Larissa Dias e André Alf, que apostam nas lâmpadas para compor peças de design da Interpam e Cristiana Bertolucci.


Marcus Leite e Lídia Branquinho, arquitetos autores do Lounge Brasília da mostra, levam para o seu espaço uma solução criativa para o enfrentamento da crise hídrica. Sem abrir mão da beleza do verde, os profissionais exploram jardim vertical de plantas artificiais, que em nada deixam a desejar em termos de estética, mas são responsáveis por grande economia de água, em face da manutenção que é feita apenas com um pano úmido.

Já a Artline leva para a mostra, além de toldos que ajudam na economia de energia, como os presentes nos ambientes de Ney Lima e Hélio Albuquerque Sonia Peres, a Cortina Rolô da coleção Koolblack, explorada no Spazio Natuzzi da mostra. Com tecnologia patenteada de fios que tecem o tecido em cores escuras, a solução proporciona maior reflexão de calor e consequentemente gasto menor com resfriamento do ambiente, o que, estima-se, é o responsável por 50% da energia consumida em edifícios. A peça é da Hunter Douglas, empresa mundialmente reconhecida e representada na cidade pela grife brasiliense.

Essas são escolhas que comprovam, na prática, que é possível decorar com responsabilidade, levando o futuro da sociedade a um patamar de novas possibilidades que envolvem a conscientização.

Veja também:

Guerra Armênia x Azerbaijão: menina de 3 anos fica órfã após ataque com míssil
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade