0

Por que indústrias devem escolher um ERP especialista na gestão industrial

Engenheiro lista as razões determinantes para que indústrias escolham ferramentas especializadas na hora de gerenciar seus negócios.

30 out 2020
12h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com o mercado cada vez mais competitivo, o controle da produção deixou de ser um diferencial exclusivo das grandes indústrias e passou a se tornar peça chave para uma fábrica de qualquer tamanho se manter competitiva.

Foto: Shutterstock/Nomus / DINO

A boa notícia é que ferramentas para o controle da produção, como um sistema ERP para indústrias que antes eram exclusividades de grandes corporações por conta do alto preço, agora estão acessíveis para pequenas indústrias também.

Isso porque até um tempo atrás para uma fábrica possuir um sistema capaz de controlar o pcp, estoque, qualidade entre outras áreas era preciso contratar um sistema do exterior, com investimentos na casa de milhares ou milhões de reais.

Hoje em dia existem sistemas para gestão industrial muito robustos e com investimento acessível a pequenas indústrias, como é o caso do Nomus ERP Industrial, que possui todas as ferramentas para gerenciar uma fábrica e o pacote de assinatura parte de R$449 por mês.

Em um artigo publicado no Blog Industrial, o engenheiro de produção Celso Monteiro, listou as 5 principais causas que levam indústrias a trocarem de sistema ERP, sendo elas:

  • Falta de funcionalidades;
  • Valor de investimento muito alto;
  • Atualizações em relação a legislação;
  • Compatibilidade com dispositivos móveis;
  • Dificuldade de suporte;

Segundo o engenheiro, a principal causa de uma indústria buscar um novo ERP é a falta de funcionalidades. Existe uma infinidade de sistemas que se intitulam como ERP no mercado mas que não oferecem as funcionalidades necessárias para gerenciar uma fábrica e o seu processo produtivo.

Além disso, é importante que o fornecedor do sistema ERP se atualize em relação as mudanças da legislação, como foi o caso do Bloco K, caso contrário, o empresário precisará trocar de ferramenta para atender as novas exigências da lei.

Portanto, para evitar dores de cabeça e prejuízo, o gestor de uma indústria idealmente deve escolher um sistema ERP capaz de atender plenamente o seu negócio e assim garantir que a empresa poderá crescer de forma organizada.

Para ajudar essa tarefa, Celso Monteiro também providenciou um guia prático para ajudar indústrias a escolherem o seu sistema ERP. De acordo com o especialista, esses passos ajudam o empresário a avaliar todos os pontos principais de um fornecedor ERP e assim fazer uma escolha mais assertiva da ferramenta ideal para o seu negócio.

Por fim, o engenheiro afirma que o gestor da indústria deve sempre buscar otimizar e controlar a sua produção para assim obter os melhores resultados do seu negócio. Segundo Monteiro, para fazer isso da melhor forma, é preciso escolher a ferramenta certa para a empresa e por isso o empresário deve buscar uma empresa especializada na gestão industrial para não fazer a escolha errada.



Website: https://www.nomus.com.br/erpindustrial/

Veja também:

BPFron detém passageiro de ônibus com 23 quilos de haxixe, em Cascavel
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade