PUBLICIDADE

Mulheres ganham espaço na área de climatização e refrigeração

Desde 2019, a Star Center vem investindo pesado na contratação e qualificação de mão de obra feminina

15 mar 2021 19h43
| atualizado em 16/3/2021 às 05h34
ver comentários
Publicidade

Até 2030, segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a participação feminina no mercado de trabalho brasileiro deve crescer mais que a masculina, em razão das mudanças culturais, da conquista de direitos e de um maior investimento em educação.

Na área de climatização e refrigeração, por exemplo, durante muito tempo o homem dominou várias funções, mas esta situação já vem sendo alterada, haja vista que as mulheres vêm se tornando mão de obra cada vez mais qualificada.

A Star Center Service, especializada em manutenção de sistemas de conforto térmico e uma das empresas que compõem a holding GRSC, com sede no ABC Paulista, desde 2019 vem investindo pesado na contratação e qualificação de mão de obra feminina.

"As mulheres têm importante papel na área de manutenção de sistemas de climatização e o resultado tem sido bastante satisfatório junto aos nossos clientes. Além de atenciosas, elas são muito caprichosas na realização e finalização dos serviços, bem como transmitem credibilidade e domínio de conhecimentos técnicos", declara Edson Alves, CEO da GRSC.

O executivo também comemora o novo contrato da Star Center, outra empresa da holding especializada em projetos de engenharia e instalação de climatização. Até o próximo mês de setembro, será responsável pela obra de ampliação do Hospital e Maternidade Sino Brasileiro - Rede D'or São Luiz, localizado na cidade de Osasco (SP). Com 30 anos de mercado, a Star Center é uma das poucas empresas do Brasil especializadas em certificação Leed (obras sustentáveis).

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade