2 eventos ao vivo

Limpeza dos Colchões: como a boa higienização desse objeto impacta na saúde dos brasileiros?

9 ago 2018
17h55
atualizado em 10/8/2018 às 10h10
  • separator
  • comentários

De acordo com o Instituto Good Housekeeping, os colchões devem ser limpados a cada dois meses. Isso porque, esse aspecto fundamental da vida cotidiana com o qual as pessoas interagem diariamente, é um dos ambientes preferidos para a proliferação de ácaros. De acordo com uma pesquisa de 2003, feita pela Unicamp, em um grama de poeira nos colchões podem ser encontrados até 40 mil ácaros. Esse número bem grande fica ainda pior quando o mesmo estudo revela que apenas 100 ácaros por grama de poeira são suficientes para desencadear uma reação alérgica.

Foto: DINO / DINO

A rinite alérgica e os ácaros 

E esse problema é bem mais comum do que parece. De acordo com a ASBAI, a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, em dados publicados no ano passado, por volta de 25% das crianças e 30% dos adolescentes brasileiros sofrem de algum tipo de rinite alérgica. No mundo, de acordo com a WAO, World Allergy Association, são 20 milhões de pessoas que tem esse problema.

A rinite é uma reação do sistema imunológico a qualquer substância que ele considere estranha que, normalmente, entra pelo nariz. Os ácaros são algumas dessas substâncias, especialmente suas fezes e as carcaças de microrganismos mortos. Suas características permitem que se adaptem muito bem a um ambiente domiciliar, com temperatura quente e um local úmido. Se alimentam de material orgânico da pele de pessoas e animais, por isso, tem nos colchões o banquete e as condições de vida perfeitas.

Sua presença nesse objeto é tão grande, que especialistas em alergias estimam que por volta de 1,5 milhão de ácaros podem viver em travesseiros e colchões mesmo apenas após 2 anos de uso. Por isso, a limpeza dos colchões é tão importante para a saúde, já que a rinite e outros problemas respiratórios frequentes podem causar até mesmo asma.

Lembrando também que apesar de a limpeza frequente ser fundamental, os colchões devem ser trocados periodicamente. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Colchões, o tempo é por volta de 10 anos. O período pode variar de acordo com o grau de conservação do mesmo, especialmente se for limpo, mas a troca é vital. Isso porque o objeto se deteriora normalmente por conta do uso constante. Não trocar os colchões pode levar a problemas na coluna e outras consequências ruins.

 A importância da limpeza dos colchões 

A importância de serviço de lavagem de colchão e a eficiência de encontrar uma empresa terceirizada especializada nesse trabalho são refletidas nos crescentes números expressados por esse setor. A FGV, em uma pesquisa de 2017 encomendada pela Associação Brasileira das Indústrias de Produto de Limpeza e Afins, mostrou que esse setor movimentou mais de R$ 30 bilhões na economia . Já a ABF, a Associação Brasileira de Franchising, revelou que o crescimento das franquias deste setor foi de 6,6% em relação ao ano anterior, com uma taxa de expansão de unidades de 4,9%, a maior entre todos os setores.

Isso indica o quão procurado e eficaz é esse mercado. Cada vez mais, as empresas e a própria população, em suas casas, estão percebendo as vantagens práticas e econômicas de contar com um serviço terceirizado especializado. Outra possível explicação para esse crescimento é a PEC das domésticas, que fez com seja mais eficiente contratar serviços pontuais para os trabalhos mais específicos, como a limpeza de colchões.

Por esse motivo, fazer a limpeza dos colchões no tempo indicado, a cada dois meses, é importante para evitar a disseminação de rinites alérgicas e outros problemas respiratórios.

Mas, é preciso tomar cuidado. Uma solução comum para a limpeza dos colchões é colocá-lo em exposição ao sol. Isso não é uma boa ideia. Os ácaros gostam de temperaturas um pouco mais elevadas, e essa solução, ao invés de ajudar, apenas fortalece os micro-organismos.

Já a rinite, a maior consequência dos ácaros, pode atacar mesmo à noite, durante o sono. Uma empresa inglesa de remédios para dormir estudou os hábitos de sono de mais de 3 mil pessoas, e concluiu que essa função é uma das funções mais afetadas por problemas com o estresse e preocupações com o dia a dia. Perder o sono por conta de uma crise alérgica, é um motivo extra que pode facilmente ser eliminado por uma limpeza nos colchões.

Limpando as fronhas e travesseiros

Apesar da importância de limpar o colchão, e ele reunir o maior número de ácaros, os acessórios também devem ser higienizados com bastante frequência. É o caso das fronhas e dos próprios travesseiros.

Os cuidados com as roupas de cama devem ser ainda mais frequentes do que com o colchão. Uma vez por semana, pelo menos, é o tempo recomendado de modo a evitar um acúmulo ainda maior de poeira e dos ácaros.

Para fazer uma limpeza mais profunda e tirar manchas mais pesadas o recomendado é ferver um pouco de limão com vinagre em uma panela com água. Em seguida, os lençóis, fronhas ou o que quer que queria-se remover as manchas deve ser deixado de molho por, pelo menos, uma hora. O objetivo disso é "enfraquecer" as manchas, para que elas saiam durante os ciclos de lavagem normal.

É claro que essas são ótimas soluções para a limpeza dos colchões e evitar a proliferação exagerada de ácaros, bactérias e outros micro-organismos que possam trazer problemas de saúde. Mas, para uma limpeza ainda mais profunda e minuciosa o ideal é contar com uma empresa especializada nesse serviço.

A WaterDry é uma empresa especializada na limpeza de diversos produtos, com mais de 30 anos de experiência no mercado. Visite o site, http://www.waterdry.com.br/empresa, e confira como eles podem limpar o seu colchão com perfeição e evitar que os ácaros causem crises de rinite alérgica e outros problemas.



Website: http://www.waterdry.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade