2 eventos ao vivo

Em comemoração aos 465 anos da cidade de São Paulo, Obelisco do Ibirapuera ganha bandeiras do Brasil, do estado de São Paulo e da capital paulista

A iniciativa faz parte do projeto Embandeirando São Paulo

22 jan 2019
16h51
  • separator
  • 0
  • comentários

A Associação Eu Amo o Brasil (EAB), sem fins lucrativos, cujo objetivo é contribuir com o desenvolvimento da educação para a cidadania e a consciência cívica dos brasileiros, vai presentear a cidade de São Paulo com 36 bandeiras, sendo 17 do Brasil, 17 do estado, uma do município e outra dos heróis da Revolução Constitucionalista de 1932. Elas serão hasteadas no dia 23 de janeiro, às 9h, ao redor do Obelisco do Ibirapuera.

Foto: DINO / DINO

O evento terá palestras sobre a cidade na área interna do monumento, com a participação de representantes do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo e da Academia Paulista de História. As atividades são gratuitas e abertas ao público e acontecem até as 12h30.

"Vamos aproveitar as comemorações dos 465 anos de São Paulo para doar as bandeiras ao Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32, também conhecido como Obelisco do Ibirapuera, maior monumento da cidade e ícone da Revolução Constitucionalista de 1932, importante acontecimento em prol da democracia no país, e incorporar ao local o maior símbolo de representatividade da Nação", afirma José Marcelo Braga Nascimento, presidente da EAB.

De acordo com o coronel da reserva da Polícia Militar Mário Ventura, que preside a Sociedade de Veteranos de 32 - MMDC, entidade que contribui para manter viva a memória do monumento, a instalação das bandeiras será de grande importância porque trará mais visibilidade ao local. "Muitos moradores da cidade nem imaginam que é possível visitar internamente o monumento, algo que pode ser melhorado com o embandeiramento", afirma.

O monumento é projeto do arquiteto ítalo-brasileiro Galileo Ugo Emendabili e abriga os restos mortais dos ex-combatentes da Revolução Constitucionalista de 32, dos estudantes Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo e guarda registros históricos do que aconteceu naquele período. A arquitetura diferenciada conta com três capelas construídas sem paredes ou divisórias.

O hasteamento das bandeiras contará com a presença do presidente da EAB, José Marcelo Braga Nascimento; do presidente da Sociedade de Veteranos de 32 -MMDC, Mário Ventura; e de representantes da Polícia Militar, que administra o Obelisco; do governo estadual; e da prefeitura paulistana.

A manutenção e troca das bandeiras será feita pela Associação Eu Amo o Brasil.

Serviço:

Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32
Local: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n (Parque do Ibirapuera)
Horário das atividades de embandeiramento e palestras: das 9h às 12h30
Horário de funcionamento do monumento: de segunda a domingo, das 10h às 16h
Entrada: gratuita



Website: http://www.euamoobrasil.org.br/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade