1 evento ao vivo

Data Science na Copa do Mundo de 2018: como a ciência pode predizer o futuro

15 ago 2018
10h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Terminada a competição, a análise dos resultados mostra dados curiosos, em especial sobre a eliminação da equipe brasileira, e também sobre a comparação entre o Ranking técnico da Fifa e o Ranking de preferência popular digital (RD), medido através de engajamento em redes sociais.

Foto: DINO / DINO

DESEMPENHO DOS RANKINGS
A se considerar o Ranking de engajamento digital (RD) como critério para indicar, antes de cada jogo, quem poderia ser o respectivo vencedor, os números são os seguintes:
1) O RD acertou o time vencedor em 57,81% dos jogos;
2) Considerando somente os jogos "líquidos" (onde houve um vencedor no tempo normal), o índice sobe para 71,15%;
3) Comparando diretamente o Ranking de Engajamento Digital X Ranking da FIFA, o RD (baseado em preferência) teve um desempenho 85,71% superior ao Ranking da Fifa (baseado em critérios técnicos);
4) O RD acertou o jogo mais importante: a final da Copa;
5) O RD acertou 100% dos jogos do grupo A;
6) O RD acertou 6 em 8 jogos das oitavas.
Ou seja, há situações nas quais a "escolha pessoal" em massa (engajamento) prevalece sobre o desempenho técnico. Na Copa essa proporção foi de 1,85:1.

PREVISÃO SOBRE A ELIMINAÇÃO BRASILEIRA
No dia 28/06/2018 MrPredictions e o Instituto Mapa, que trabalham em parceria com a empresa Nexxera, divulgaram uma análise de dados e indicadores (data science) mostrando um grave problema da Seleção Brasileira em Copas do Mundo. Tratava-se das jogadas aéreas com bola parada, em especial nos escanteios.

Os dados foram publicados em vários sites e blogs, geralmente com o título "Data Science: bola aérea é o grande problema do Brasil em copas".
O estudo mostrava que todas as eliminações brasileiras, após a Copa de 70, foram provocadas ou influenciadas diretamente por bola aérea, em especial aquela decorrente de bola parada em escanteio - com exceção de 1978 (saldo de gols) e 1990 (jogada terrestre). Além disso, o estudo de cruzamento de dados também mostrou que nas 3 finais olímpicas nas quais o Brasil foi derrotado a bola aérea foi um fator chave. Nesse relatório de análise de risco elaborado por MrPredictions e pelo Instituto Mapa, a palavra "escanteio" aparece citada 6 vezes ao longo do texto.

No primeiro jogo da Copa de 2018, o Brasil tomou um gol na primeira bola aérea perigosa em sua área, proveniente de um escanteio. MrPredictions e o Instituto Mapa, que trabalham em parceria com a empresa Nexxera, lançaram uma advertência um dia antes do jogo, segundo a qual 8 jogadores belgas tinham altura superior ao maior defensor brasileiro (Miranda, 1,86m), e que era grande a probabilidade de que essa vantagem fosse explorada com eficiência pelo time belga nas bolas paradas, em especial nos escanteios.

Durante o jogo, o que se viu nos tiros de canto foram várias situações na qual um jogador belga percorreu livremente a área brasileira em direção ao "primeiro pau" para fazer o cabeceio. Notoriamente uma jogada ensaiada, e qual resultou no primeiro gol da Bélgica, provocado pela cabeçada de Vincent Kompany aos 13 minutos do primeiro tempo. O jogador iria repetir a mesma jogada algumas vezes durante a partida.

QUEM MAIS SUBIU QUEM MAIS CAIU - AS SELEÇÕES QUE MAIS SE DESTACARAM NAS REDES SOCIAIS DURANTE A COPA
Na primeira fase da copa Uruguai e Rússia foram as equipes que mais subiram, com 20% e 17,3% respectivamente, seguidos por Suécia (13,3%), Portugal (12,7%), Dinamarca (11,8%) e Suíça (10,5%). Entre estas seleções apenas Uruguai e Portugal estão entre as 10 seleções com maior variação positiva no período da Copa. O Uruguai obteve variação acumulada de 27,41%, enquanto Portugal 18,64%.

Irã, Nigéria e Arábia Saudita não passaram da fase de grupos, mas foram as seleções que mais subiram nas redes sociais se considerarmos a variação acumulada. Elas tiveram uma variação positiva de 134%, 90,13% e 76,64%, respectivamente. Tunísia (48,02%), Marrocos (48,02%) e Senegal (35,46%) se destacam entre as 10 seleções com variação positiva, mas que ficaram na primeira fase da copa.
Entre as finalistas o destaque vai para a Croácia que teve um aumento de 52,54% no número de seguidores, seguida por Bélgica (17,15%), França (17%) e Inglaterra com 10,24% de variação positiva.

Estes números geraram algumas mudanças no RD. A seleção do Irã subiu seis posições e ocupa o 23º lugar. A Nigéria subiu cinco posições e está na 18ª posição. Marrocos e Croácia ganharam duas posições. Argentina, Senegal e Suíça subiram uma posição. Inglaterra, Arábia Saudita, Dinamarca, Tunísia, Sérvia e Islândia caíram uma posição no RD.

A Costa Rica perdeu doze posições no RD depois da Copa. Sua página do Facebook não está mais disponível. Isso contribuiu para uma variação negativa e a queda do 15º para a 27ª posição no ranking. A Inglaterra perdeu uma posição e agora é a quarta colocada. A França ocupa o 3º lugar no RD com um total de 14.711.207 subscrições. O Brasil teve uma variação de apenas 7%, mas permanece em primeiro lugar no RD com 20.518.965 subscrições.

Entre as 32 seleções a Austrália foi a que menos subiu. Totalizou apenas 309 novas subscrições durante o período da Copa, o que corresponde a uma variação de 0,21%.

CIÊNCIA PARA O USO DE DADOS
No âmbito corporativo esse tipo de informação - análise preditiva com ferramentas inteligentes - pode ser utilizada para melhorar a eficiência das atividades produtivas, tanto no setor privado como na área pública, inclusive com aplicações militares e na área de inteligência, e também em campanhas políticas e publicitárias, trazendo muita intensidade e precisão para avaliações de cenários.

Anexos:
Estudo completo com dados estatísticos:
http://mrpredictions.com/articles/worldcup2018-war-of-rankings/index-pt.php
http://mrpredictions.com/articles/worldcup2018-war-of-rankings-II/index-pt.php
http://mrpredictions.com/articles/who-rose%20-and-who-fell-at-the-cup/

Publicações anteriores:
"BOLA AÉREA: ESTUDO SOBRE UM DOS MAIORES PROBLEMAS DO BRASIL EM COPAS"
https://www.megacurioso.com.br/ciencia/107943-bola-aerea-veja-uma-analise-de-um-dos-maiores-problemas-do-brasil-em-copas.htm

TECNOLOGIA
"Análise conclui que bola aérea é o problema do Brasil em Copas do Mundo"
https://www.itforum365.com.br/tecnologia/bola-aerea-o-problema-do-brasil-em-copas-do-mundo/



Website: http://www.mrpredictions.com/

Veja também:

As novas armas de Trump para reverter baixa popularidade às vésperas da eleição
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade