2 eventos ao vivo

UE assina contrato para adquirir medicamento remdesivir

Medicamento é utilizado no tratamento da covid-19 e cobrirá 30 mil pacientes do bloco a partir de agosto

29 jul 2020
07h54
atualizado às 08h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O órgão executivo da União Europeia anunciou nesta quarta-feira que assinou um contrato com a Gilead para adquirir o medicamento remdesivir, que tem sido usado no tratamento da covid-19, e o acordo cobrirá 30 mil pacientes no bloco a partir do início de agosto.

Logo da Gilead na sede da empresa na Califórnia
29/04/2020 REUTERS/Mike Blake
Logo da Gilead na sede da empresa na Califórnia 29/04/2020 REUTERS/Mike Blake
Foto: Reuters

"A Comissão assinou um contrato com a empresa farmacêutica Gilead para garantir doses de tratamento de Velkury --nome comercial do remdesivir. A partir do início de agosto, remessas do medicamento estarão disponíveis para os Estados-membros e para o Reino Unido", disse a porta-voz da Comissão Europeia Dana Spinant em briefing regular à imprensa.

Ela disse que o contrato é de 63 milhões de euros e fornecerá tratamento a 30 mil pacientes com sintomas graves de Covid-19.

"Essa primeira remessa vai, portanto, lidar com as necessidades imediatas. Ao mesmo tempo, a Comissão também está preparando agora a compra de mais suprimentos desse medicamento, que cobrirão as necessidades adicionais a partir de outubro", disse ela.

Veja também:

Por apoio à CPMF, Guedes vai propor cortar à metade tributos sobre salários
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade