PUBLICIDADE

Lula critica Bolsonaro por recorde de mortes pela covid-19

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva lembrou do passeio de jet ski do presidente Jair Bolsonaro no último sábado (9)

12 mai 2020 20h41
| atualizado às 20h52
ver comentários
Publicidade

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva criticou o presidente Jair Bolsonaro pelas redes sociais na noite desta terça-feira (12), após o Brasil registrar novo recorde de mortes por covid-19 em um dia. Lula foi ao Twitter relembrar o passeio de Jet-ski que Bolsonaro deu no úlrimo sábado (9) e contrastou o fato com o número de mortes por covid-19. O petista escreveu em seu perfil, "Foram 881 mortos hoje. Quase mil vidas por dia e o cara passeando de jet ski".

Nesta terça-feira, o Brasil chegou a 12.400 vítimas fatais da covid-19, segundo atualização feita pelo Ministério da Saúde. O número de casos confirmados da doença no País saltou de 168.331 para 177.589, um acréscimo de 9.258 registros entre ontem e hoje. Com essa atualização, o Brasil ultrapassou a Alemanha em número total de casos confirmados da covid-19 e se tornou o 7º país no mundo com mais casos da doença, segundo levantamento da universidade Johns Hopkins.

02/03/2020
REUTERS/Charles Platiau
02/03/2020 REUTERS/Charles Platiau
Foto: Reuters

O presidente Jair Bolsonaro vem sofrendo críticas pela sua condução durante a crise do novo coronavírus e por suas frequentes aparições em público, desrespeitando as recomendações da Organização Mundial da Saúde de respeitar o isolamento social.

Nos últimos dias, Bolsonaro também editou decreto que ampliou o número de serviços considerados essenciais, como salões de beleza, academias e barbearias. O decreto gerou reação de alguns governadores que acenaram dizendo que não respeitarão a medida. Bolsonaro retrucou dizendo que "aflora o autoritarismo" por parte dos governadores e que eles deveriam buscar a 'Justiça' ou 'Congresso' caso não concordassem com a medida.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade