0

Embaixador chinês garante entrega de insumos para vacinas

O embaixador da China no Brasil se reuniu virtualmente com o ministro da Saúde brasileiro, Marcelo Queiroga.

5 abr 2021
17h29
atualizado às 17h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, se reuniu virtualmente com o ministro da Saúde brasileiro, Marcelo Queiroga, e se comprometeu com o suprimento de insumos para a produção de vacinas contra Covid-19 no Brasil.

"Hoje, tive uma videoconferência com Min. @mqueiroga2, do @minsaude, conversamos sobre o combate à pandemia com união e sobretudo, a parceria de vacinas. O nosso compromisso é continuar o suprimento dos insumos ao Brasil para garantir a sua produção de vacinas conforme o cronograma", disse o embaixador em sua conta no Twitter.

Embaixador chinês, Yang Wanming, diz a Queiroga que compromisso é manter suprimento de insumos para produção de vacinas
15/04/2019
REUTERS/Adriano Machado
Embaixador chinês, Yang Wanming, diz a Queiroga que compromisso é manter suprimento de insumos para produção de vacinas 15/04/2019 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

O governo brasileiro tenta acelerar a compra e produção de vacinas contra Covid-19 no pior momento da pandemia no país. A China é um dos principais parceiros comerciais do Brasil, inclusive em relação a ações da pandemia.

No ano passado, o presidente Jair Bolsonaro chegou a colocar em dúvida a eficácia da CoronaVac, da chinesa Sinovac, vacina que hoje representa cerca de 80% das doses aplicadas no Brasil no enfrentamento à pandemia.

 

Veja também:

'A melhor vacina é a disponível': Por que não se pode comparar os imunizantes contra covid-19
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade