PUBLICIDADE

Acidente e lentidão complicaram a saída de SP neste sábado

20 dez 2014 14h56
| atualizado às 19h11
ver comentários
Publicidade

O paulistano que saiu rumo às festas de fim de ano e precisou utilizar as principais rodovias que cortam o Estado encontrou dificuldades nas saídas de São Paulo neste sábado. Na rodovia Régis Bittencourt - principal via para o Sul do País - às 17h40, era registrado lentidão por excesso de veículos entre os quilômetros 334 e 350, na Serra do Cafezal.

Após ficar o dia todo com trânsito carregado no sentido São Paulo, o fluxo se normalizou na Serra do Cafezal - entre os quilômetros 351 e 349 - apenas no final da tarde.

De acordo com a Polícia Rodoviária, o acidente aconteceu por volta das 11h e deixou o trânsito lento na região
De acordo com a Polícia Rodoviária, o acidente aconteceu por volta das 11h e deixou o trânsito lento na região
Foto: Marcelo Roque Redeling / vc repórter

O motorista que precisou utilizar a rodovia Castello Branco depois das 18h também encontrou tráfego bom. Fato que não ocorreu durante a manhã e início da tarde. 

Um acidente grave interditou uma das faixas da rodovia na região de Araçariguama, no interior do Estado.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, pelo menos duas pessoas morreram na colisão frontal entre os dois veículos e uma terceira foi socorrida em estado grave pelo Helicóptero Águia da Polícia Federal. Às 17h50, a lentidão do quilômetro 54 no sentido interior, e entre os quilômetros 32 e 56 da rodovia já não existiam mais. Na rodovia Raposo Tavares, alternativa à Castello Branco, o trânsito esteve normal durante o sábado.

Na rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, o tráfego era lento às 17h49 na pista marginal sentido São Paulo, entre os quilômetros 145 e 147 em São José dos Campos, e no sentido Rio a São Paulo no trecho 144 a 145. Também há lentidão no sentido Rio a São Paulo perto da cidade de Caçapava, entre os quilômetros 132 e 136. 

Já no Rio de Janeiro, a lentidão estava na pista sentido Rio, em São João do Meriti, no treche entre os quilômetros 169 e 170, e em Nova Iguaçu, entre os quilômetros 176 e 177. Obras provocam lentidão já na chegada ao Rio de Janeiro.

Na rodovia Fernão Dias, que liga São Paulo a Minas Gerais, o trânsito estava carregado. Às 18h16 o tráfego estava lento no sentido norte de MG por excesso de veículos entre os quilômetros: 503 a 499; 603 a 507; e 662 a 658. Acidentes nos quilômetros 534 a 524 e 696 a 700 da Fernão Dias também reduzem o tráfego na região perto da divisa com Minas.

A rodovia Ayrton Senna registrava tráfego bom no fim da tarde deste sábado.

Por volta das 19h, o tráfego também era bom na descida para o litoral. Quem seguiu pelas rodovias Anchieta e Imigrantes não encontrou grandes dificuldades.


Operação Natal
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo implantou nesta sexta-feira a Operação Estrada para o Natal. O objetivo da operação, que vai até o dia 24 de dezembro, é garantir melhor mobilidade nas principais rotas de saída da cidade. A expectativa é de que 1, 6 milhão de veículos deixem a capital no Natal e 1,45 milhões na semana do Ano Novo.

Para evitar congestionamentos, a CET colocará guinchos em pontos estratégicos nos principais corredores de tráfego da cidade e nas proximidades das rodovias.

Rodoviárias
Aproximadamente 208 mil pessoas devem  deixar a cidade de São Paulo até o final deste sábado por terminais rodoviários. De acordo com estimativa da Socicam, empresa que administra as rodoviárias do Tietê, Barra Funda e Jabaquara, até a próxima quinta (25), mais de um milhão de pessoas devem embarcar e desembarcar para aproveitar o feriado do Natal.

Rodoviária do Tietê, em São Paulo
Rodoviária do Tietê, em São Paulo
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

A Socicam informa que já foram providenciados ônibus extras para os destinos mais procurados, e mais carros poderão ser reservados, caso seja necessário. Nos terminais, o quadro de funcionários será aumentado em 15% para atender ao aumento da demanda. Haverá mais trabalhadores nas áreas de operação, limpeza, manutenção e segurança.

A recomendação da Socicam é a de que o passageiro compre a passagem antecipadamente, chegue à rodoviária uma hora antes do embarque, identifique as bagagens, não descuide das crianças e leve os documentos de todos os passageiros (inclusive das crianças). Caso seja necessário buscar informações, a orientação é procurar por um funcionário devidamente identificado ou ir ao balcão de informações. A Socicam recomenda ainda que o embarque seja feito pela manhã ou à tarde, períodos mais tranquilos.

A empresa ressalta que as crianças menores de 12 anos podem viajar com os pais, responsáveis legais, irmãos com mais de 18 anos, avós, tios de primeiro grau, mas precisam estar com o documento de identificação ou autorização escrita assinados pelo pai, mãe ou responsável, com firma reconhecida.

Para viajar a cidades da Bahia, do sul de Minas Gerais, do interior de São Paulo e do Vale do Paraíba, de Santa Catarina, Angra dos Reis, Belo Horizonte, Curitiba, Goiás, para Paraty e Rio de Janeiro, o usuário deve ir ao Terminal Tietê. Para se deslocar para Bauru, Marília, cidades de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, do Paraná, para Presidente Prudente, Sorocaba e Porto Soares (Bolívia), basta ir ao Terminal Barra Funda. Para o litoral sul de São Paulo, a saída deve ser feita pela Rodoviária do Jabaquara.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade