2 eventos ao vivo

Temer vai a São Paulo e pode fazer exames no fim de semana

5 jan 2018
12h26
atualizado às 13h07
  • separator
  • comentários

O presidente Michel Temer embarcou na manhã desta sexta-feira para São Paulo, onde deve ficar pelo menos até sábado, mas não está definido se fará neste fim de semana exames no hospital Sírio-Libanês, como estava previsto inicialmente.

Presidente Michel Temer no Palácio da Alvorada, em Brasília 22/12/2017 REUTERS/Adriano Machado
Presidente Michel Temer no Palácio da Alvorada, em Brasília 22/12/2017 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

A agenda divulgada pelo Palácio do Planalto previa despachos internos, mas o próprio presidente já havia dito na véspera, durante caminhada matinal no Palácio do Jaburu, que iria nesta sexta a São Paulo. O presidente decolou de Brasília pouco depois das 10h30, acompanhado da esposa, Marcela, e do filho, Michel.

Depois de debelar uma infecção urinária e retirar a sonda que usava desde meados de dezembro, a previsão era de que o presidente fizesse exames em seguida para definir a sequência do tratamento.

No entanto, duas fontes palacianas disseram à Reuters que Temer não fará exames nesta sexta-feira. Existe a possibilidade, ainda não confirmada, que isso possa ocorrer no sábado.

O presidente passou por três procedimentos cirúrgicos nos últimos meses. No final de outubro, Temer foi levado de emergência a um hospital de Brasília porque estava com uma obstrução urológica. Em seguida, foi operado em São Paulo para fazer uma raspagem da próstata.

Cerca de um mês depois, passou por outro procedimento, para colocação de stents em artérias que estavam com mais de 90 por cento de obstrução, apesar de assessores próximos terem garantido antes que era apenas uma "obstrução leve" e não seria necessária uma angioplastia.

No dia 13 de dezembro, passou por novo procedimento, dessa vez para desobstruir a uretra, quando colocou uma sonda urinária.

O presidente passou a virada do ano em Brasília, depois de cancelar uma viagem para a Restinga da Marambaia, porque estava com uma infecção urinária. Nos dias subsequentes, diminuiu o ritmo de trabalho.

Na quinta-feira, Temer saiu para uma caminhada no Palácio do Jaburu, informada previamente à imprensa. Perguntado sobre sua saúde, Temer disse que estava "recuperadíssimo".  

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade