Política

Bolsonaro diz que perdão a Daniel Silveira será cumprido

25 abr 2022 - 15h52
Compartilhar

O presidente Jair Bolsonaro (PL) reiterou nesta segunda-feira, 25, que o perdão concedido ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) - menos de 24 horas após sua condenação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) - será cumprido. Em evento em Ribeirão Preto, o chefe do Executivo ainda chamou o parlamentar de "inocente". Bolsonaro também repetiu no evento que "só Deus" o tira da cadeira de presidente da República. Em gesto interpretado no mundo político como forma de desafiar o Supremo, Bolsonaro decidiu, na última quinta-feira, publicar decreto de graça a Daniel Silveira, condenado a 8 anos e 9 meses de prisão por ameaças à democracia. O decreto visa anular a condenação imposta ao parlamentar. O perdão repercutiu no fim de semana, devido aos questionamentos jurídicos que envolvem a decisão e também porque, em outros momentos, Bolsonaro havia dito que não daria indulto durante a presidência.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Seu Terra












Publicidade