3 eventos ao vivo

TSE firma pacto com partidos no combate às "fake news"

5 jun 2018
20h58
atualizado às 21h42
  • separator
  • comentários

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, firmou nesta terça-feira um termo de compromisso com representantes de partidos políticos para a manutenção de um ambiente imune à disseminação de notícias falsas, as fake news, durante as eleições de outubro deste ano.

Ministro Luiz Fux durante sessão do TSE
08/06/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino
Ministro Luiz Fux durante sessão do TSE 08/06/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

Dos 35 partidos convidados para o encontro, 10 compareceram e subscreveram o documento: DEM, PCdoB, PSDB, PDT, PRB, PSC, PSD, PSOL, Rede e PSL, atual legenda do pré-candidato Jair Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto nos cenários sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Em entrevista após o evento, Fux minimizou o não comparecimento da maioria dos partidos brasileiros. Segundo ele houve "empecilhos" de ordem prática e não houve um anúncio oficial para se firmar o compromisso, o que ocorrerá em breve.

Fux defendeu que os partidos auxiliem o TSE no combate às fake news e conclamou as legendas para trazer ao conhecimento do tribunal casos de "alguma anomalia" na divulgação de notícias.

"Não queremos que isso se repita no Brasil", disse o presidente do TSE.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade