PUBLICIDADE

Caminhoneiros liberam vias, mas interditam 5 estados

Apesar de algumas estradas liberadas, manifestação segue concentrada em ao menos 14 estados, sendo 5 deles com rodovias bloqueadas

9 set 2021 11h48
| atualizado às 12h00
ver comentários
Publicidade

Em novo boletim sobre a situação das estradas, o Ministério da Infraestrutura informou que, às 11 horas desta quinta-feira, 9, foram registrados pontos de concentração em rodovias federais de 14 Estados, com interdições em 5 deles: Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

A greve dos caminheiros em Igarapé, na BR-381, região metropolitana de Belo Horizonte (MG), foi interrompida no fim da manhã desta quinta-feira, 9 de setembro de 2021, com liberação da pista pela Polícia Militar (PM) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF
A greve dos caminheiros em Igarapé, na BR-381, região metropolitana de Belo Horizonte (MG), foi interrompida no fim da manhã desta quinta-feira, 9 de setembro de 2021, com liberação da pista pela Polícia Militar (PM) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF
Foto: FERNANDO MICHEL/O TEMPO/ESTADÃO CONTEÚDO

Segundo a pasta, nos Estados de Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Rondônia, Pará e Roraima o trânsito está liberado, mas ainda há abordagem a veículos de cargas.

No boletim divulgado mais cedo, de 8 horas, a pasta informava que existiam pontos de concentração em 15 Estados. No comunicado mais recente, Pernambuco e Rio de Janeiro saíram da lista.

Já Mato Grosso do Sul aparece na nova relação. Naquele momento, no entanto, era informado que não havia interdição de pistas na malha federal, salvo protesto pela causa indígena na BR-174/Roraima.

Ainda segundo o ministério, novos corredores logísticos essenciais foram liberados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre 8h e 11h desta manhã: BR-116/Bahia (Feira de Santana); BR-101/Bahia; BR-101/Sergipe ; BR-101/Pernambuco (Igarassu) ; BR-116/Rio Grande do Sul (Vacaria); e BR-392/Rio Grande do Sul (Pelotas).

Estadão
Publicidade
Publicidade