3 eventos ao vivo

Bolsonaro sanciona Código com limite de até 40 pontos na CNH

Bolsonaro repetiu que havia uma reclamação de caminhoneiros, taxistas e motoristas de aplicativo e de van

13 out 2020
19h21
atualizado às 19h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou uma transmissão nas redes sociais nesta terça-feira para anunciar a sanção do projeto que flexibiliza regras do Código de Trânsito Brasileiro e aproveitou para anunciar futuras modificações no próximo ano, em fala ao lado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

01/09/2020
REUTERS/Adriano Machado
01/09/2020 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Bolsonaro repetiu que havia uma reclamação de caminhoneiros, taxistas e motoristas de aplicativo e de van que se "perdia muito rapidamente" a carteira com a pontuação anterior, de 20 pontos. Com a nova lei, a pontuação foi a 40 para os motorista profissionais. Para os demais, o limite de 40 pontos depende das infrações cometidas.

"Nós estamos dando uma chance maior para o elemento que cometeu infração de trânsito continuar com sua carteira... se tira uma carteira de habilitação dessa pessoa, tira o ganha-pão dele", disse o presidente.

O texto oficial da sanção - com eventuais vetos - ainda não foi divulgado oficialmente.

O presidente disse ainda que no próximo ano vai apresentar novo projeto para tentar flexibilizar outras regras de trânsito, citando um eventual fim da avaliação de saúde que atualmente é feita apenas em clínicas conveniadas.

 

Veja também:

Barroso vê 'motivação política' em ataques contra TSE
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade