3 eventos ao vivo

André Mendonça é o 13º ministro infectado pelo coronavírus

"Ele está bem e permanecerá em isolamento em casa nas próximas semanas", informou a assessoria de imprensa do ministério.

24 nov 2020
16h31
atualizado às 16h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, foi diagnosticado com covid-19, informou nesta terça-feira o ministério, subindo agora para 13 o número de integrantes do primeiro escalão do governo do presidente Jair Bolsonaro que já se infectaram com o coronavírus.

Ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça
29/04/2020
REUTERS/Ueslei Marcelino
Ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça 29/04/2020 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

"Caros colegas, informo que o ministro da Justiça e Segurança Pública André Mendonça testou positivo para o novo coronavírus. Ele está bem e permanecerá em isolamento em casa nas próximas semanas", informou a assessoria de imprensa do ministério.

Antes dele, já foram infectados os ministros Augusto Heleno (Segurança Institucional); Bento Albuquerque (Minas e Energia); Onyx Lorenzoni (Cidadania); Milton Ribeiro (Educação); Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia); Wagner Rosário (CGU); Braga Neto (Casa Civil); Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência); Marcelo Álvaro Antonio (Turismo); Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo); Fábio Faria (Comunicações) e Eduardo Pazuello (Saúde).

Ao todo, o governo tem 23 ministros. O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também já contraíram a Covid-19.

Mesmo com o Brasil sendo o segundo país em número de mortes pela doença, Bolsonaro tem sido um crítico de medidas tidas como eficazes para evitar o contágio pelo novo coronavírus como o distanciamento social.

Veja também:

Após pressão, Ministério da Saúde anuncia compra da vacina da Pfizer e negociação com a Janssen
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade