0

RJ pede permanência das forças federais de segurança

17 jul 2014
21h30
  • separator
  • 0
  • comentários

As demandas do período eleitoral levaram o governo do Rio de Janeiro a pedir nesta semana a prorrogação da permanência de forças de segurança federais no Estado. Em dois ofícios enviados na terça-feira à Presidência da República e ao Ministério da Justiça, o governador Luiz Fernando Pezão solicitou não só a renovação do prazo da operação de garantia da lei e da ordem no Complexo da Maré, mas também a continuidade do policiamento ostensivo da Força Nacional até 31 de dezembro.

De acordo com o governo do Estado, o efetivo da Polícia Militar será integralmente mobilizado  para atender às demandas do período eleitoral. Além disso, será necessário reorganizar as situações de férias e licenças do efetivo, que foram interrompidas durante a Copa do Mundo.

No Complexo da Maré desde 5 de abril, as forças armadas tinham permanência prevista inicialmente até o dia 31 de julho. Sua atuação no complexo de 15 favelas antecede a implantação de unidades de polícia pacificadora. Procurado, o Ministério da Defesa informou que ainda não recebeu o pedido.

Já o Ministério da Justiça informou que o efetivo da Força Nacional que foi empregado no Estado para a Copa do Mundo tem permanência garantida até esta sexta-feira, mas pode ser renovado. Já o contingente que atua no morro Santo Amaro já teve o pedido de renovação por mais 90 dias encaminhado e aguarda apenas a publicação. 

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade