PUBLICIDADE

DNA de Lázaro é coletado para ajudar apurar outros crimes

Material genético será usado em investigações que ainda não foram esclarecidas

30 jun 2021 09h07
ver comentários
Publicidade

A Polícia Científica de Goiás coletou o DNA de Lázaro Barbosa para ajudar em outras investigações após sua morte nesta segunda-feira (28). Apontado como responsável pelo assassinato de uma família de quatro pessoas, as informações genéticas do criminoso poderão ajudar a reconhecer a autoria de outros crimes, como estupros e roubos, cujos os quais ele também é acusado.

Megaoperação de busca por Lázaro Barbosa durou 20 dias
Megaoperação de busca por Lázaro Barbosa durou 20 dias
Foto: Polícia Civil do Estado de Goiás/Divulgação / Estadão Conteúdo

As amostras de DNA ficarão armazenadas no Banco de Perfil Genético em Goiás, de acordo com o jornal O Tempo. O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, afirma que Lázaro é suspeito de envolvimento em mais de 30 crimes. 

O corpo do assassino em série já foi liberado pelo Instituto Médico Legal, mas até terça-feira (29), nenhum parente se manifestou para a retirada.

Captura

A polícia de Goiás e do Distrito Federal comemorou o momento da captura de Lázaro, após 20 dias de buscas. O criminoso morreu na manhã de segunda-feira,depois de trocar tiros com os policiais no momento da prisão. 

Imagens publicadas nas redes sociais mostram Lázaro sendo levado de ambulância após o confronto com os agentes, que aparecem comemorando sua captura. O criminoso foi encontrado na região de Cocalzinho de Goiás, região entre Goiás e Distrito Federal.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade