PUBLICIDADE

Pfizer e Eurofarma fecham acordo para produzir vacina no Brasil

Ideia é distribuir imunizantes para toda a América Latina

26 ago 2021 12h35
ver comentários
Publicidade

As empresas Pfizer e BioNTech, que produzem a vacina anti-Covid Cominarty, anunciaram nesta quinta-feira (26) que assinaram uma carta de intenção com a farmacêutica brasileira Eurofarma para a produção local do imunizante. As doses serão distribuídas para os países da América Latina.

Vacina da Pfizer será produzida no Brasil
Vacina da Pfizer será produzida no Brasil
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Segundo o comunicado, "as atividades de transferência técnica, desenvolvimento no local e instalação de equipamentos começarão imediatamente" e a "Eurofarma receberá o produto de instalações nos Estados Unidos e a fabricação das doses acabadas terá início em 2022".

"Nossa nova colaboração com a Eurofarma expande nossa rede global de cadeia de suprimentos - nos ajudando a continuar fornecendo acesso justo e equitativo à nossa vacina. Continuaremos a explorar e buscar oportunidades como esta para ajudar a garantir que as vacinas estejam disponíveis para todos os que precisam", disse Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer, na nota oficial.

A Pfizer e a BioNTech, que produzem uma vacina com a tecnologia de RNA mensageiro (mRNA), informaram que enviaram mais de 1,3 bilhão de doses de vacinas Cominarty em mais de 120 países e territórios no mundo, incluindo o Brasil. O planejamento é enviar até três bilhões de doses até o fim de 2021.

Essa será a terceira vacina contra o coronavírus Sars-CoV-2 que será produzida no Brasil depois da CoronaVac, uma parceria entre a Sinovac Biotech e o Instituto Butantan, e a Vaxzevria, da Universidade de Oxford e AstraZeneca em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade