PUBLICIDADE

Com reservatórios baixos, Bolsonaro faz apelo para evitar desperdício de energia

3 dez 2020 20h39
ver comentários
Publicidade

Diante do baixo nível dos reservatórios hidrelétricos brasileiros, o presidente Jair Bolsonaro fez uma série de apelos nesta quinta-feira em sua live semanal para que consumidores evitem o desperdício de energia e chegou a citar, inclusive, uma série de iniciativas que tem adotado no Palácio da Alvorada, a residência oficial.

17/11/2020
REUTERS/Adriano Machado
17/11/2020 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

"Eu apago todas as luzes do Alvorada, estamos em campanha para economizar energia", disse, ao lado do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. "Você em casa pode fazer isso, evitar o desperdício", reforçou.

Em vários momentos, o presidente aconselhou aqueles que acompanhavam a transmissão a tomar medidas de contenção de uso de energia, como desligar ou reduzir o uso do ar condicionado, chuveiro elétrico e lâmpadas.

Bolsonaro disse que a adoção da bandeira tarifária vermelha para custeio do sistema não é "maldade da gente" com o objetivo de arrecadar mais, mas sim para bancar uma fonte de energia mais cara que é a termelétrica. Destacou que tão logo o nível dos reservatórios hidrelétricos volte à normalidade, essa bandeira vai acabar.

O ministro das Minas e Energia também disse que o nível dos reservatórios está muito baixo, em patamares de anos pelos quais o país passou por forte estiagem. Ele afirmou que 65% da matriz energética brasileira é hidrelétrica e que, com os reservatórios baixos, há a necessidade de se usar as termelétricas.

Bento e Bolsonaro defenderam a adoção de um maior uso da energia nuclear no país a fim de compensar na geração energética em momentos como o atual.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade