PUBLICIDADE

Um adolescente morre e outros dois ficam feridos em briga em frente a escola em Goiás

A mãe de um dos envolvidos e seu filho, de 20 anos, foram presos; ela teria usado um martelo para agredir os adolescentes

21 fev 2024 - 20h50
(atualizado às 22h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução/Google Street View

Um adolescente de 14 anos morreu e outros dois ficaram feridos durante uma briga que aconteceu em frente ao Colégio Estadual Leyni Lopes, em Anápolis, interior de Goiás, nesta quarta-feira, 21. Segundo a Polícia Civil, o autor dos golpes foi um jovem de 20 anos, que usou uma faca para atingir os meninos. Sua mãe, de 43 anos, também se envolveu na briga e foi presa.

A briga aconteceu após uma discussão ocorrida no dia anterior durante uma transmissão online. Vários adolescentes estavam envolvidos teriam combinado de "resolver" a situação na porta da escola, agendando a briga.

Nesta quarta, por volta de 12h15, alguns jovens se reuniram na porta da unidade de ensino, dando início à briga. Ainda de acordo com a Polícia Civil, houve troca de socos e empurrões. Em dado momento, o jovem de 20 anos retira a faca para golpear três adolescentes. Os outros dois foram socorridos e receberam atendimento médico.

"Conforme imagens de câmeras de vigilância de um comércio situado nas redondezas, nós podemos perceber que a briga reuniu dois grupos distintos. De um lado, cinco adolescentes e de outro, um adolescente acompanhado de seu irmão de 20 anos e de sua mãe de 43", disse o delegado Wllisses Valentim, do Grupo de Investigação de Homicídios de Anápolis.

Durante a briga, a mãe de dois jovens que estavam envolvidos, sendo um deles o autor dos golpes de faca, desferiu golpes de martelo contra alguns envolvidos. Ela, que tem 43 anos, e os dois filhos, um de 20 e outro de 15 anos, foram conduzidos pela Polícia Militar até a Central de Flagrantes. A mulher e o filho maior de idade estão presos, enquanto o menor de 18 anos foi apreendido.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade