PUBLICIDADE

Três pessoas morrem após tiros na porta de boate no Rio

Delegacia de homicídios da capital investiga o caso; peritos recolheram no local do crime cápsulas de fuzil e pistola

20 jan 2022 16h35
| atualizado às 17h14
ver comentários
Publicidade

Três pessoas foram mortas a tiros na porta de uma boate no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio, na madrugada desta quinta-feira, 20. O autor dos tiros conseguiu fugir e não havia sido identificado até a publicação desta reportagem.

Eram mais de 4h e o público saía da boate Zero1 Lounge, na Avenida Guilherme de Almeida, quando o crime ocorreu. Testemunhas contaram à polícia que um carro passou pela frente do estabelecimento comercial e disparou vários tiros. Gabriel José Maggio Afonso morreu na hora. Conforme as testemunhas, ele tinha saído da boate e estava com a namorada, Natasha Nunes Fernandes, que também foi baleada. Ela chegou a ser levada ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca (zona oeste), mas também morreu.

Três pessoas morrem após tiros na porta de boate no Rio
Três pessoas morrem após tiros na porta de boate no Rio
Foto: José Lucena / Futura Press

A terceira vítima dos tiros é o policial militar Fábio Jansen dos Santos, que também foi socorrido e morreu no hospital Lourenço Jorge.

O veículo de onde partiram os tiros conseguiu fugir e não havia sido identificado, até a publicação deste texto.

A delegacia de homicídios da capital investiga o caso. Peritos recolheram no local do crime cápsulas de fuzil e pistola.

Estadão
Publicidade
Publicidade