0

vc repórter: terreno com mato alto pode ser multado em SP

Após denúncia feita por vizinhos, a prefeitura de Guarulhos afirmou que o local poderá ser multado

3 jul 2015
11h21
  • separator
  • comentários

O acúmulo de lixo e mato em um terreno tem gerado incômodo entre moradores do bairro Vila Augusta, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. A área, que ocupa grande parte do quarteirão entre as ruas Paraná e Dona Antônia, apresenta sinais de abandono.

Mato e lixo acumulados no terreno podem gerar multa para o proprietário
Mato e lixo acumulados no terreno podem gerar multa para o proprietário
Foto: Roberto Silva / vc repórter

O leitor Roberto Silva relatou que, na calçada que cerca o terreno, na altura do número 114 da rua Paraná, também há mato alto e materiais descartados irregularmente.

Siga o vc repórter no Twitter

Procurada pelo Terra, a prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Desenvolvimento (SDU), informou que o local será vistoriado “nos próximos dias”. A administração municipal afirmou que, caso sejam constatadas irregularidades, a fiscalização notificará o responsável, solicitando a realização de limpeza e demais adequações no terreno. Caso a notificação não seja atendida, o proprietário será multado.

Quanto à calçada no entorno do terreno, a prefeitura disse que a prestadora de serviços Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A (Proguaru) realiza limpeza na região “periodicamente” e que uma nova intervenção será incluída na programação das equipes, sem precisar a data.

O órgão informou ainda que o local é um ponto de descarte irregular e que a Proguaru orienta os moradores a colaborar com a conservação da limpeza e a evitar riscos à saúde da comunidade. Os entulhos devem ser levados a um dos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) da prefeitura. Os endereços estão disponíveis no site da administração municipal.

O leitor Roberto Silva, de Guarulhos (SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui ou envie pelo aplicativo WhatsApp, disponível para smartphones, para o número +55 11 97493.4521.

vc repórter

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade