PUBLICIDADE

Rio flexibiliza restrições e libera praias nos dias úteis

Novo decreto do prefeito Eduardo Paes (DEM) também permite a visitação e permanência em parques e cachoeiras

23 abr 2021
09h35 atualizado às 09h39
0comentários
09h35 atualizado às 09h39
Publicidade

Em novo decreto publicado nesta sexta-feira, 23, no Diário Oficial do Rio, o prefeito Eduardo Paes (DEM) liberou a permanência de pessoas nas praias e para banho de mar nos dias úteis. A visitação e permanência em parques e cachoeiras também está permitida. A flexibilização das medidas restritivas de combate à transmissão do coronavírus passam a valer a partir deste sábado e se estendem até 3 de maio.

Praia de Ipanema vazia em razão das medidas de restrição para conter o coronavírus, Rio de Janeiro
21/03/2021 REUTERS/Pilar Olivares
Praia de Ipanema vazia em razão das medidas de restrição para conter o coronavírus, Rio de Janeiro 21/03/2021 REUTERS/Pilar Olivares
Foto: Reuters

O prefeito havia decidido fechar as praias aos finais de semana há mais de um mês, mas ampliou as restrições para todos os dias na semana anterior à Páscoa. Apesar disso, muita gente decidiu ignorar a proibição.

Com o novo decreto, será possível frequentar as praias do Rio de segunda a sexta-feira, com exceção aos feriados. Os vendedores ambulantes, que estavam proibidos de atuar na orla, poderão voltar a trabalhar.

O decreto, contudo, mantém a proibição de permanência em vias públicas entre 23h e 5h. Boates, casas de espetáculo, rodas de samba e eventos que causem aglomeração seguem vetados.

Apesar de ser o sétimo Estado com mais casos de coronavírus no país, com 716.103 infecções registradas desde o início da pandemia, o Rio de Janeiro é o segundo no número de mortes por covid-19, com 42.362 óbitos acumulados. Só nas últimas 24 horas foram 252 novas mortes em decorrência da doença.

No Estado, 1.947.196 pessoas tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19 — dessas, 582.556 receberam as duas doses necessárias para a imunização.

Estadão
Publicidade
Publicidade