0

Resumo do dia: saída de Bebianno, empresária espancada e ajuda humanitária da Venezuela

Ideia de Bolsonaro de ir ao Congresso entregar projeto da Previdência e condenação da 'prefeita ostentação' também foram destaques desta segunda-feira, 18

18 fev 2019
19h43
atualizado às 21h37
  • separator
  • comentários

SÃO PAULO - Em Brasília, a saída de Gustavo Bebianno do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência foi confirmada nesta segunda-feira, 18. Já no Rio de Janeiro, uma empresária de 55 anos foi espancada por um advogado de 27 no apartamento dela na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade. Em Caracas, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, prometeu entregar ajuda humanitária a crianças pobres da cidade colombiana de Cúcuta.

Quer saber os fatos mais importantes do dia? Confira abaixo as principais notícias desta segunda:

Pivô da crise no governo, Bebianno tem exoneração confirmada pelo Planalto

O porta-voz do governo de Jair Bolsonaro, Otávio Rêgo Barros, confirmou que o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, sairá do cargo. Ele é o protagonista da maior crise nos primeiros meses do novo governo, suspeito de irregularidades em campanhas do PSL e envolvido em rusgas com um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Empresária é espancada durante 4 horas dentro de casa após encontro

As imagens das paredes repletas de sangue e do apartamento completamente revirado dão a dimensão da violência sofrida pela empresária Elaine Caparróz, de 55 anos. Ela foi espancada durante quatro horas pelo advogado Vinícius Batista Serra, de 27, com quem havia se encontrado pela primeira vez na noite de sábado. O agressor foi preso em flagrante, depois que os vizinhos ouviram pedidos de socorro e chamaram a polícia.

Amigos e familiares divulgaram nas redes sociais imagens das lesões sofridas pela empresária Elaine Caparróz 
Amigos e familiares divulgaram nas redes sociais imagens das lesões sofridas pela empresária Elaine Caparróz
Foto: Carlos Martins/Facebook / Estadão

Chavismo promete entregar ajuda humanitária a colombianos e organizar show na fronteira

O governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, prometeu entregar ajuda humanitária a crianças pobres de Cúcuta e organizar um concerto musical em defesa do chavismo como resposta à tentativa da oposição e dos Estados Unidos de oferecer toneladas de remédios e alimentos a venezuelanos que sofrem com a grave crise econômica no país.

Bolsonaro levará texto da reforma da Previdência pessoalmente ao Congresso

O porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, confirmou que o presidente Jair Bolsonaro vai entregar pessoalmente a proposta de reforma da Previdência ao Congresso Nacional. Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, a proposta será levada aos parlamentares na quarta-feira, 20, quando haverá entrevista coletiva para detalhar os pontos do texto.

Bolsonaro diz que leilão de 12 aeroportos com investimentos de R$ 3,5 bi será realizado até março

O presidente Jair Bolsonaro usou sua conta no Twitter para divulgar que o leilão de 12 aeroportos no Programa da Parcerias e Investimentos (PPI), com estimativa de investimentos na faixa de R$ 3,5 bilhões, deve ser realizado até março. Os ativos a serem leiloados foram divididos em três blocos: Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Temer diz que é preciso dar 'crédito' a Bolsonaro; FHC defende que presidente seja 'árbitro'

O ex-presidente Michel Temer afirmou que é preciso dar crédito ao presidente Jair Bolsonaro, que ainda tem pouco tempo de governo. "Ele passou 18 dias no hospital, ficou em Davos (no Fórum Econômico Mundial), tem pouco tempo. Tem que dar crédito", afirmou em entrevista à Rádio Bandnews FM. Já Fernando Henrique Cardoso defendeu que o presidente da República deve afastar amigos e familiares da condução do governo, e atuar como "árbitro" de diferentes setores governo.

Sobe para 169 o número de mortos na tragédia em Brumadinho

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais atualizou para 169 o número de mortos em razão do rompimento de uma barragem da mineradora Vale em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Mais cedo, a corporação informou que dois corpos foram retirados da lama de rejeitos nos últimos dois dias e que as equipes localizaram fragmentos de cadáveres.

Justiça condena Lidiane, a 'prefeita ostentação', por improbidade

A pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça condenou a ex-prefeita de Bom Jardim - a 250 quilômetros da capital São Luís - Lidiane Leite, a "prefeita ostentação", acusada por improbidade administrativa. A sentença inclui suspensão dos direitos políticos por cinco anos e devolução de R$ 915.074,57 aos cofres públicos - valor que deverá ser corrigido desde a data do contrato, em 2013.

Lidiane Leite, ex-prefeita de Bom Jardim, no Maranhão
Lidiane Leite, ex-prefeita de Bom Jardim, no Maranhão
Foto: Reprodução / Estadão

Tereza Cristina critica fim do desconto sobre energia para produtor rural

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, defendeu, no fim de semana, que o Congresso Nacional discuta o decreto que acaba com os descontos no pagamento da energia elétrica para produtores rurais. Tereza Cristina esteve no sábado, 16, na Usina Japungu, em Santa Rita, na Paraíba, onde se reuniu com produtores do setor sucroalcooleiro.

Tereza Cristina defendeu também que o Ministério da Agricultura tenha um programa nacional de irrigação para o campo.
Tereza Cristina defendeu também que o Ministério da Agricultura tenha um programa nacional de irrigação para o campo.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil / Estadão

Marinheiro da icônica foto do beijo em NY morre aos 95 anos

O marinheiro que beija uma enfermeira na Times Square enquanto as pessoas comemoravam o fim da 2ª Guerra nas ruas de Nova York, protagonista de uma foto icônica da época, morreu aos 95 anos, informou sua filha ao Providence Journal.

Newsletter

Para ficar bem informado, assine as newsletters do Estado e receba os destaques do noticiário por e-mail.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade