PUBLICIDADE

'Queimava demais, parecia que estava pegando fogo', diz jovem vítima de ataque com soda cáustica

Após deixar hospital no Paraná, vítima deu entrevista sobre o ocorrido

10 jun 2024 - 19h30
Compartilhar
Exibir comentários
Jovem descreve ataque com soda cáustica: 'Queimava demais, parecia que estava pegando fogo'
Jovem descreve ataque com soda cáustica: 'Queimava demais, parecia que estava pegando fogo'
Foto: Reprodução/RPC

“Só sentia dor, queimava demais, parecia que estava pegando fogo”, relatou Isabelly Ferreira Moro, de 23 anos, que sofreu um ataque com uma solução de soda cáustica e água em Jacarezinho, no Paraná. 

A jovem estava internada desde 22 de maio, quando aconteceu o ataque. Ela deu as declarações em uma entrevista no último sábado, 8, à RPC, afiliada da TV Globo no Estado, após deixar o hospital. 

Isabelly não ficou com cicatrizes visíveis no rosto, mas detalhou as sequelas do ataque. “A boca foi o que mais atingiu. O cabelo também danificou, era mais longo. Parte dos seios também, bastante. Mas eu estou bem. [...] Estou me recuperando aos poucos, só de estar em casa já é um alívio.”

“Na hora, eu assustei e fui tentar atravessar a rua e eu lembro que ela veio e jogou o produto em mim”, relembrou.

Após o ataque, ela conta que perdeu a consciência e, ao despertar, já estava internada. “Fui entubada, foi a sensação mais horrível da vida, porque num momento você está bem, aí do nada você acorda entubada, mal, perdida”. 

A suspeita pelo ataque foi detida pela Polícia Militar dias após o incidente e admitiu a autoria do crime, motivada, segundo ela, por ciúmes. Isabelly, que é ex-namorada do atual companheiro da agressora, disse não ter entendido o motivo do ataque. “Eu nunca dirigi a palavra a ela, nunca fiquei encarando ela. Pra mim, é uma pessoa que era invisível”, declarou a vítima.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade