PUBLICIDADE

Queda de ônibus em ribanceira deixa oito mortos e 45 feridos no interior de Minas

Acidente ocorreu na Serra da Vileta, região da Zona da Mata; cinco crianças estavam entre passageiros

3 out 2021 14h18
| atualizado às 14h44
ver comentários
Publicidade

Um ônibus com 52 pessoas a bordo caiu em uma ribanceira na noite de sábado, 2, na Serra da Vileta, na rodovia BR-116, em Leopoldina, região da Zona da Mata, em Minas Gerais. Ao menos oito pessoas morreram e os demais 44 ocupantes ficaram feridos, segundo informações do Corpo de Bombeiros de Leopoldina.

Parte do ônibus destruído após a queda
Parte do ônibus destruído após a queda
Foto:

Entre os passageiros, estavam cinco crianças. Na manhã deste domingo, 3, as equipes de socorro ainda trabalhavam no resgate dos corpos que ficaram embaixo do veículo.

O ônibus, da Viação Gontijo, havia saído de Santo Amaro, em São Paulo, e seguia para Ubatã, na Bahia. Conforme os bombeiros, chovia muito quando o ônibus despencou na ribanceira, em um trecho da serra, no km 776 da rodovia. O local é de difícil acesso. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) das cidades de Leopoldina, Cataguases, Laranjal e Muriaé, com apoio da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, trabalham no socorro às vítimas.

Os feridos foram levados para o hospital Casa de Caridade Leopoldinense, em Leopoldina, e para hospitais de Cataguases. Até o fim da manhã não havia informações sobre o estado das vítimas. Conforme o Corpo de Bombeiros, às 11 horas, equipes permaneciam no local do acidente com equipamentos para tentar mover o ônibus, que caiu e rolou a uma distância de 150 metros da pista, ficando parcialmente submerso em um córrego. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o trecho de serra é perigoso, mas está bem sinalizado. A reportagem entrou em contato com a Gontijo e ainda aguarda retorno.

Estadão
Publicidade
Publicidade