PUBLICIDADE

Polícia prende suspeito de pôr fogo em estátua do Borba Gato

Estátua foi queimada na tarde de sábado; de acordo com a investigação, homem dirigiu caminhão usado por grupo para ir até o local

25 jul 2021 13h39
| atualizado às 14h14
ver comentários
Publicidade

Um suspeito de participar do incêndio na estátua do Borba Gato, na zona sul de São Paulo, foi preso na madrugada deste domingo (25). Ele foi identifcado como o motorista do caminhão que conduziu parte do grupo de suspeitos até local e transportou os pneus em que foram ateados fogo.

Foto: Gabriel Schlickmann/IShoot / Estadão Conteúdo

De acordo com a Polícia Civil, a placa do veículo foi adulterada. As investigações prosseguem para identificar e localizar os demais autores.

A estátua de Borba Gato foi incendiada na tarde de sábado (24). Cerca de 20 pessoas atearam fogo em pneus na base do monumento.

Uma equipe doCorpo de Bombeirosfoi enviada ao local às 14h06 e o fogo foi extinto rapidamente. Não houve registros de feridos ou qualquer outro incidente.

Um grupo chamado Revolução Periférica postou fotos e vídeo da estátua em chamas, no Instagram. Apesar de não assumirem a autoria do ato, em uma das imagens é possível ver os pneus já pegando fogo com pessoas vestidas de preto e uma faixa com o nome do grupo e a frase: "A favela vai descer e não será Carnaval".

Estadão
Publicidade
Publicidade