1 evento ao vivo

Polícia prende suspeito de atear fogo e matar morador de rua

Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, foi atacado enquanto dormia na Rua Celso de Azevedo Marques, no domingo

8 jan 2020
11h19
atualizado às 11h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Polícia Civil de São Paulo prendeu na madrugada desta quarta-feira, 8, o suspeito de atear fogo e matar o morador de rua Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, na Mooca, na zona leste da capital. A vítima foi atacada enquanto dormia na Rua Celso de Azevedo Marques, no domingo, 5.

A Justiça aceitou o pedido de prisão temporária contra o autor do crime.

Agressor fugiu após atacar morador de rua na região da Mooca, zona leste de São Paulo
Agressor fugiu após atacar morador de rua na região da Mooca, zona leste de São Paulo
Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), Silva teria informado que não sabia como sofreu as queimaduras, já que o incêndio foi iniciado enquanto ele estava dormindo na rua.

Imagens de câmeras de segurança da região registraram o momento em que uma pessoa se aproxima de Silva e joga o que parece ser combustível sobre a vítima. Em seguida, uma explosão acontece e o agressor foge.

Outro caso

Em outubro do ano passado, um morador de rua foi morto a pedradas em Ribeirão Preto, no interior paulista. Em julho, pelo menos três foram encontrados mortos em decorrência da onda de frio que atingiu a capital paulista.

Veja também:

Vítima de homicídio no Santa Cruz foi morto após assediar adolescente
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade