3 eventos ao vivo

Polícia pede apreensão de 3º suspeito de participar de ataque

Adolescente de 17 anos também era ex-aluno do colégio de Suzano; crime estaria sendo planejado desde novembro

14 mar 2019
17h49
atualizado em 15/3/2019 às 13h49
  • separator
  • comentários

A Polícia Civil pediu à Justiça a apreensão de um terceiro suspeito de envolvimento no ataque à Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo.

Segundo informações divulgadas na tarde desta quinta, 14, pela polícia, o suspeito é um jovem de 17 anos que teria participado da fase de planejamento do ataque, que acabou com dez mortos, entre eles os dois atiradores.

G.T.M. (à esquerda) tinha 17 anos; e Luiz Henrique de Castro (à direita), 25
G.T.M. (à esquerda) tinha 17 anos; e Luiz Henrique de Castro (à direita), 25
Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo

O crime estava sendo organizado ao menos desde novembro, segundo a polícia. O terceiro suspeito também é ex-aluno da escola Raul Brasil e estudou na sala de G.T.M., de 17 anos, um dos atiradores.

O adolescente já foi ouvido e não esclareceu detalhes da motivação do ataque. A besta, o arco e flecha, o machado e o uniforme foram adquiridos no site Mercado Livre, informou a polícia.

O Mercado Livre afirmou, por meio de nota, que está em contato com as autoridades policiais e fica à disposição para colaborar com a investigação e que os produtos adquiridos no site "são amplamente utilizados em atividades legítimas como, por exemplo, a prática de esportes (arco e flecha), cutelaria (machadinha) e marcenaria (machado)". A empresa também disse que "repudia o uso ilícito desses equipamentos".

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade