PUBLICIDADE

Piloto que morreu em queda voltava de evento para ajudar as vítimas das enchentes do Sul

Igor Reis, de 51 anos, participou do 'Arraiá Aéreo' durante o fim de semana; aeronave caiu logo após a decolagem na manhã desta segunda

10 jun 2024 - 18h09
(atualizado às 20h01)
Compartilhar
Exibir comentários
Igor Reis, de 51 anos, morreu após o avião cair na pista do Aeroclube de Bauru, no interior de SP, nesta segunda-feira, 10.
Igor Reis, de 51 anos, morreu após o avião cair na pista do Aeroclube de Bauru, no interior de SP, nesta segunda-feira, 10.
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Igor Reis, de 51 anos, piloto que morreu após o avião cair na pista do Aeroclube de Bauru, no interior de São Paulo, na manhã desta segunda-feira, 10, voltava de um show aéreo civil, que também arrecadou donativos para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.  

A aeronave pilotada por Igor Reis caiu logo após a decolagem na manhã desta segunda. No domingo, 9, ele participou do Arraiá Aéreo, em Bauru. O evento, que está em sua nona edição, foi organizado pela Fundação Astronauta Marcos Pontes. Nas redes sociais, o senador lamentou a perda precoce de Reis. 

"A Fundação Astronauta Marcos Pontes lamenta profundamente a perda do nosso amigo piloto acrosport Igor Reis que teve um acidente hoje, segunda-feira, 10 de junho de 2024, no aeroclube de Bauru, enquanto retornava para sua sede", iniciou o comunicado compartilhado nas redes sociais.

Piloto morre em queda de avião de pequeno porte no interior de São Paulo:

"Ele participou de forma brilhante como voluntário no 9. Arraia Aéreo, que aconteceu durante o final de semana (8 e 9 de junho), no mesmo aeroclube. Sua alegria contagiante e sua disposição constante em ajudar causas sociais vão ficar marcadas na nossa lembrança. Siga em paz, meu amigo, no seu grande voo", finalizou. 

Igor era piloto da esquadrilha ACRO; sua aeronave de modelo PP-XNB Acro Sport era conhecida como Barão Vermelho. Natural de Mogi Mirim, ele vivia em Valinhos, no interior de São Paulo, e trabalhava na área da tecnologia de informação. A aviação era um hobby iniciado aos 16 anos. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Marcos Pontes (@astropontes)

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade