PUBLICIDADE

Cidades

Operação mira ilegalidades e crimes no entorno da Catedral de Pedra, em Canela

Entre as diversas denuncias investigadas estão abordagens e extorsões a visitantes do local

25 nov 2023 - 09h40
Compartilhar
Exibir comentários

Uma operação, realizada na manhã desta sexta-feira (24), mobilizou cerca de 60 agentes na área central de Canela, na Serra Gaúcha, concentrando-se no entorno da Catedral de Pedra. A ação ocorreu sob coordenação da Associação Comercial e Industrial de Canela (ACIC), Polícia Civil (PC), Prefeitura Municipal, Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) e outras entidades.

Foto: Rita Souza/AL-RS / Porto Alegre 24 horas

Motivada por uma série de denúncias recebidas nos últimos meses por moradores, turistas e comerciantes, a operação visou resolver questões como o uso inadequado do espaço público, abordagens indevidas a visitantes, venda ilegal de produtos contrabandeados e situações de perturbação.

A Polícia Civil de Canela desempenhou um papel fundamental, com aproximadamente 30 policiais, garantindo a segurança e protegendo os direitos de todos os envolvidos.

A ACIC acompanhou ativamente as ações, buscando defender os interesses de seus associados, que enfrentam há tempos desafios relacionados às práticas comerciais realizadas na região.

Além disso, a Prefeitura de Canela, por meio da Secretaria de Trânsito, Transporte e Fiscalização, realizou apreensões de produtos comercializados irregularmente, reforçando a fiscalização e a ordem no local.

O CRECI também desempenhou seu papel, fiscalizando abordagens a turistas para a venda de cotas imobiliárias, ação que requer registro para evitar infrações, sendo passível de multa pecuniária caso não observada essa regulamentação.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade