0

MG: sem PM na rua, repórter do Terra sofre tentativa de assalto em protesto

O ladrão estava infiltrado como manifestante; o repórter conseguiu sair ileso, apesar de alguns ferimentos pelo corpo

18 jun 2013
22h42
atualizado às 22h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A ausência de Polícia Militar pelas ruas de Belo Horizonte nesta terça-feira chamou a atenção ao longo dos protestos que seguiram em todo o País, principalmente por ter ocorrido no dia seguinte ao cenário de guerra promovido por policiais e manifestantes. Na capital mineira, o repórter do Terra Diego Garcia sofreu tentativa de assalto de um ladrão infiltrado como manifestante, mas conseguiu sair ileso, apesar de alguns ferimentos pelo corpo.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/protesto-tarifa/iframe.htm" data-cke-115-href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/protesto-tarifa/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Um homem com uma mochila nas costas em meio à passeata rumo à praça Sete, que contava com cerca de três mil manifestantes, abordou a reportagem do Terra perguntando as horas. O repórter Diego Garcia colocou as mãos no bolso para verificar o horário no celular, um Iphone 5, quando foi agarrado pelo homem.

O assaltante, colocando uma mão no bolso do repórter e outra dentro de uma mochila, supostamente armado, avisou: "me dê o celular ou vou lhe furar". O jornalista conseguiu reagir, recuperar o aparelho telefônico da posse do ladrão e fugir do local. Na fuga, contudo, se desequilibrou e caiu no chão, ferindo mão, braço e perna.

O ladrão, por sua vez, correu para longe e se camuflou no meio da multidão. O repórter buscou alguma viatura da PM para registrar o ocorrido, mas não encontrou nenhum policial no caminho até a praça Sete - a manifestação havia saído da Universidade Federal de Minas Gerais, onde apenas uma viatura foi vista no início do trajeto, horas antes.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/mapa-protestos-pelo-mundo/iframe.htm" data-cke-115-href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/mapa-protestos-pelo-mundo/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Curiosamente, a ausência de polícia em Belo Horizonte contrasta com o ocorrido nesta segunda, quando a PM entrou em conflito com os protestantes com bombas de gás lacrimogênio e tiros de balas de borracha. Nesta terça, na praça Sete, três mil pessoas aproveitaram a ausência de autoridades e tomaram conta do monumento central com bandeiras do Brasil e faixas contra governo Dilma, gastos da Copa do Mundo e aumento das passagens de ônibus.

O movimento deve seguir nesta quarta-feira, já que os protestantes mineiros prometeram passeatas diárias. Apesar da tentativa de furto isolada, toda a manifestação acompanhada pelo Terra nesta terça-feira foi pacífica e sem incidentes de vandalismo ou violência.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Veja também:

Papai Noel radical faz rapel no bondinho do Pão de Açúcar
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade