0

Estado de professor esfaqueado é grave, diz Secretaria

Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, ainda não se sabe se o professor será operado

19 set 2019
19h24
atualizado às 19h24
  • separator
  • 0
  • comentários

O estado de saúde do professor que foi esfaqueado por um aluno de 14 anos, no Centro Educacional Unificado (CEU) Aricanduva, na zona Leste da capital paulista, é considerado grave, porém estável. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, ainda não se sabe se o professor será operado.

Fachada da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Doutor Paulo Gomes Cardim, do Centro Educacional Unificado (CEU) Aricanduva, na zona leste da capital paulista, onde um aluno esfaqueou um professor nesta quinta-feira, 19
Fachada da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Doutor Paulo Gomes Cardim, do Centro Educacional Unificado (CEU) Aricanduva, na zona leste da capital paulista, onde um aluno esfaqueou um professor nesta quinta-feira, 19
Foto: MARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS / Estadão

Segundo relatos, o aluno do sétimo ano saiu da sala de aula, encontrou o professor no corredor e o golpeou. Ao voltar para a sala e contar aos colegas o que havia feito, ele também teria se ferido.

Segundo nota da prefeitura, o professor foi socorrido no Pronto-Socorro Municipal Jardim Iva e encaminhado para o Hospital Estadual da Vila Alpina. O aluno foi socorrido no Hospital das Clínicas

"A direção do CEU suspendeu as atividades de hoje na unidade. Equipes de saúde estão no local realizando atendimento psicológico dos estudantes, professores e servidores", diz a nota.

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade