3 eventos ao vivo

Erro de português faz PRF apreender grande carga de maconha

Segundo a polícia, havia pelo menos uma tonelada da droga em meio aos congelados de frango

22 ago 2018
09h54
atualizado às 11h07
  • separator
  • comentários

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio da Receita Federal, conseguiu apreender nesta terça-feira, 21, em Cajati (SP), uma grande quantidade de maconha num container que transportava partes congeladas de frango, após identificar erro de grafia na nota fiscal do produto.

Policiais notaram na nota fiscal que a descrição do produto estava como "dorço" de frango. Porém, a grafia correto do termo é com s, "dorso"
Policiais notaram na nota fiscal que a descrição do produto estava como "dorço" de frango. Porém, a grafia correto do termo é com s, "dorso"
Foto: divulgação PRF / Estadão Conteúdo

A apreensão da carga, que iria para Vila Velha (ES), foi feita às 15h45 no km 521 da Rodovia Régis Bittencourt. O motorista foi preso em flagrante.

Segundo a PRF, ao verificar a documentação da carga, policiais notaram na nota fiscal que a descrição do produto estava como "dorço" de frango. Porém, a grafia correta do termo é com s, "dorso". Ao avaliar a carga dentro do caminhão Scania R124 de cor branca e placas de Guarapuava (PR), policiais perceberam que havia também maconha escondida em meio aos congelados de frango.

Questionado, o motorista, de 31 anos, disse que carregou a carga de congelados em Cascavel (SC) e que, logo após, pediu para um amigo carregar o caminhão com a carga de maconha. Disse ainda que receberia pelo frete R$ 21 mil, R$ 6 mil pela carga de frango e R$ 15 mil pela carga de maconha.

A ocorrência está em andamento, mas estima-se que havia pelo menos uma tonelada da droga em meio à carga de congelados.

Veja também:

 

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade