PUBLICIDADE

Cobra cai de teto em cima de suporte de soro em posto de saúde de Goiás

Paciente contou que inicialmente pensou que fosse uma brincadeira, mas ao perceber a presença do réptil, se assustou

25 mai 2024 - 12h22
(atualizado às 13h30)
Compartilhar
Exibir comentários
Cobra cai de teto em cima de suporte de soro em posto de saúde de Goiás
Cobra cai de teto em cima de suporte de soro em posto de saúde de Goiás
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Uma paciente de um posto municipal de saúde em Crixás, em Goiás, levou um susto quando uma cobra caiu do teto e ficou em cima do suporte de soro ao qual estava ligada. Sandra Santos contou em entrevista à TV Anhanguera, afiliada à Rede Globo, que inicialmente pensou que fosse uma brincadeira, mas, ao perceber a presença do réptil, sentiu muito medo.

"Elas gritaram 'olha a cobra lá no soro'. Eu pensei que era uma brincadeira. Quando olhei de lado e vi ela olhando pra mim, aquilo foi uma cena de medo, mesmo. Tive vontade de sair correndo, mas eu não podia. Foi um medo tremendo", relatou ela à emissora.

O caso ocorreu na última quinta-feira, 23. Sandra, que é cabeleireira, disse que após o aparecimento da cobra, todos entraram em pânico em busca de ajuda. Um vizinho foi encontrado, removeu a cobra do suporte e a matou.

A paciente também mencionou que essa não havia sido a primeira vez que algo do tipo acontecia. Há pouco menos de um ano, ela viu outra cobra na mesma unidade de saúde, quando saía da sala de medicamentos.

"Eu saindo da sala de medicamento, entrei em outra sala e ela já estava perto da porta. Eu gritei", relembrou.

Terra pediu posicionamento à Prefeitura de Crixás, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem. O espaço segue aberto para manifestações.

Cobras devem ser preservadas

De acordo com especialistas, não se deve matar uma cobra que apareça em áreas urbanas, como casas e estabelecimentos. O correto é acionar algum órgão ambiental ou municipal que possa fazer o resgate da espécie e devolvê-la ao seu habitat natural.

Segundo o Instituto Butantã, frequentemente alvo de informações falsas, as serpentes desempenham um papel muito mais significativo do que se imagina em diversos aspectos de nossa vida diária. Como predadoras, elas se alimentam de uma ampla gama de presa, incluindo aranhas, lacraias, minhocas, lesmas, ratos, peixes, anfíbios, ovos de anfíbios, répteis, aves, ovos de aves e mamíferos.

Algumas espécies, por exemplo, são especialistas e consomem apenas um tipo específico de alimento. Outras, por outro lado, são generalistas e comem uma variedade de alimentos.

Além de predadores, as serpentes também são presas para várias espécies, principalmente aves, répteis e mamíferos. Se as serpentes não existissem ou fossem extintas, faltaria alimento para alguns animais e infestação de outros, de acordo com o Butantã. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade