PUBLICIDADE

Campos do Jordão: explosão em condomínio deixa feridos; bombeiros são acionados

Residencial teve um acidente com gás que destruiu parte dos apartamentos; foi a segunda ocorrência em 24h: na sexta um mezanino de um restaurante ruiu na região do Capivari

22 abr 2023 - 22h51
(atualizado às 23h01)
Compartilhar
Exibir comentários
O local foi evacuado pelos bombeiros; Defesa Civil realizará avaliação estrutural
O local foi evacuado pelos bombeiros; Defesa Civil realizará avaliação estrutural
Foto: Corpo de Bombeiros/Campos do Jordão

Uma explosão em uma lareira a gás deixou pelo menos sete feridos na noite deste sábado, 22, em um condomínio residencial de Campos do Jordão.

Conforme as informações iniciais dos bombeiros, o acidente ocorreu na Alameda dos Manacás, 1, onde ficaria o Residencial Saint Etienne. Na sexta-feira, um acidente em um restaurante já havia deixado outros sete feridos na cidade.

O Corpo de Bombeiros local foi acionado na noite deste sábado e contou com a ajuda de equipes das cidades vizinhas de Taubaté e São José dos Campos no socorro feito no residencial, que fica perto do Morro do Elefante, na Serra da Mantiqueira.

Uma pessoa precisou ser resgatada de um elevador. O local foi evacuado e os bombeiros aguardavam a Defesa Civil às 22 horas para avaliação estrutural do prédio. A explosão destruiu parte do edifício, atingindo ao menos dez apartamentos, e foi ouvida na região do Capivari, local mais procurado pelos turistas no município. O estado de saúde dos feridos não foi divulgado.

Campos do Jordão espera receber 120 mil pessoas até este domingo. A previsão é de temperatura de 10° C na madrugada e de 20° C durante o dia, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe).

Acidente em mezanino

Este foi o segundo acidente em menos de 24 horas. Na noite de sexta-feira, 21, o mezanino de um restaurante no Capivari desabou e deixou outros sete feridos, mas seis apenas com escoriações. De acordo com representantes do restaurante, o local operava dentro do limite de pessoas permitido e está com toda a documentação regular. Nos próximos dias será vistoriado e a Polícia Civil investigará as causas do acidente.

"Ouvimos um barulho, fez 'plof'. Nessa hora foi uma correria, meu genro conseguiu pegar meu neto, minha filha caiu no chão e conseguiu sair. E quando fui pegar minha mulher, o negócio veio de vez. Pegou a cabeça dela. Consegui jogar ela no chão e eu caí pro outro lado. A mesa que a gente estava segurou o mezanino porque se não tivesse segurado nem eu nem ela estaríamos aqui pra contar história" afirmou o advogado Mauro Moreira ao site G1.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade