PUBLICIDADE

Bolsonaro quer os nomes de quem liberou Pfizer para crianças

Presidente fez o comentário após a Anvisa aprovar a indicação da vacina contra a covid-19 para crianças de 5 a 11 anos de idade

16 dez 2021 18h40
| atualizado às 19h01
ver comentários
Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que pediu os nomes dos integrantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que aprovaram a indicação da vacina contra a covid-19 da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos de idade.      

O presidente, que questiona a efetividade dos imunizantes em geral, afirma que ainda não se vacinou e critica a obrigatoriedade da vacinação e o chamado passaporte da vacina. Ele afirmou que avaliaria com sua esposa se irá vacinar sua filha de 11 anos.      

Bolsonaro quer os nomes de quem liberou Pfizer para crianças de 5 a 11 anos de idade
Bolsonaro quer os nomes de quem liberou Pfizer para crianças de 5 a 11 anos de idade
Foto: Adriano Machado

Bolsonaro fez questão de dizer ainda, na tradicional transmissão ao vivo nas redes sociais que faz às quintas-feiras, que não interfere na Anvisa e que a agência não está subordinada a ele.  

Afirmou, no entanto, ter pedido os nomes dos responsáveis pela aprovação da vacina para crianças para que sejam divulgados publicamente e as pessoas possam "formar seu juízo".

A Anvisa autorizou mais cedo nesta quinta o uso da vacina da Pfizer contra covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, mas ainda não há previsão para que o imunizante comece a ser usado nessa faixa etária, uma vez que o Ministério da Saúde ainda não adquiriu doses pediátricas da vacina.

O órgão regulador afirmou que os benefícios superam em muito os eventuais riscos da vacina, destacando a segurança do imunizante, a proteção para as crianças e o aumento da base de vacinados.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade