PUBLICIDADE

Assessor de Onyx substitui general na presidência do Incra

Geraldo Melo Filho substitui João Carlos Corrêa, demitido após pressão de ruralistas

17 out 2019 09h38
| atualizado às 11h01
ver comentários
Publicidade

O governo nomeou nesta quinta-feira, 17, Geraldo José da Câmara Ferreira de Melo Filho como presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Ele vai substituir o general João Carlos de Jesus Corrêa, demitido após pressão de ruralistas. A troca foi publicada no Diário Oficialda União.

Ministro Onyx Lorenzoni
22/11/2018
REUTERS/Adriano Machado
Ministro Onyx Lorenzoni 22/11/2018 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Adriano Machado / Reuters

A saída do general do cargo expôs a crise entre o secretário especial de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia, a ala militar do governo e o próprio Ministério da Agricultura. A queda de Corrêa, depois de oito meses no cargo, foi atribuída a Nabhan e teria passado sem grandes traumas se o general não tivesse saído dizendo que se tornara uma "pedra no sapato" por contrariar interesses e até mesmo por atacar "verdadeiras organizações criminosas".

Em entrevista ao Estado, em 30 de setembro, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que Corrêa é "uma boa pessoa", mas era um "excelente jogador de basquete que estava jogando vôlei" na chefia do Incra.

O novo presidente do órgão, Melo Filho, ocupava o cargo de assessor especial do gabinete do ministro Onyx Lorenzoni, na Casa Civil. Segundo apurou o Estado, a indicação foi costurada entre Onyx e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Eles procuravam um nome técnico para o Incra e que, ao mesmo tempo, tivesse um bom trânsito no Congresso.

Até meados deste ano, Melo Filho ocupava o posto de diretor técnico de uma associação de criadores de gado da raça guzerá.

Veja também:

Pinga Fogo - Prisão após condenação em 2ª instância:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade