PUBLICIDADE

Virna dá detalhes de carta deixada por Walewska antes de morrer: 'Relação opressiva'

Em entrevista ao Sportbuzz nessa quarta-feira (22), Virna revelou detalhes da carta de despedida escrita por Walewska antes de morrer e compartilhada à pessoas importantes da vida da ex-central

22 nov 2023 - 18h49
(atualizado em 24/11/2023 às 11h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Walewska e Virna
Walewska e Virna
Foto: Esporte News Mundo

Em entrevista ao Sportbuzz nessa quarta-feira (22), Virna revelou detalhes da carta de despedida escrita por Walewska antes de morrer e compartilhada à pessoas importantes da vida da ex-central. Além de Virna, Walewska também deixou uma carta para seus pais, seu irmão, seu melhor amigo Gustavo e para Bernardinho.

Na carta, Walewska contou que descobriu um filho fora de casamento do marido Ricardo Mendes após o pedido de separação. A descoberta deixou a ex-jogadora em choque por ter o sonho de ser mãe e nunca ter conseguido durante os 20 anos de relação com Ricardo. Na revelação ao Sportbuzz, Virna ainda contou que ninguém desconfiava que Walewska vivia uma relação opressiva com o marido e que Ricardo disfarçava na frente dos amigos transparecendo uma relação amorosa.

- Ainda as pessoas não sabem, mas ela deixou quatro cartas: uma para o pai e para a mãe, uma para o irmão, para o melhor amigo dela, o Gustavo, e uma carta para eu e o Bernardinho. Foi muito duro. É triste, a Wal tirou a vida por causa do marido - contou Virna Dias ao Sportbuzz.

Virna revelou que Walewska vivia relação opressiva com Ricardo Mendes

- Ela viveu uma relação meio opressiva e não conseguiu pedir ajuda. A partir do momento que o marido pediu a separação para ela, descobriu-se que ele tinha um filho fora do casamento e ela pirou, porque ela estava esperando ser mãe há muito tempo". E ela seguiu lamentando: "As pessoas precisam aprender a pedir ajuda. Eu acho que o esporte deu tanta resiliência, tanta resistência, que ela não conseguiu pedir ajuda, porque achava que iria superar - deu outros detalhes ao Sportbuzz.

- Na frente das amigas ele atuava: 'minha mulher, minha paixão'. E depois vamos saber, através das cartas, dos bastidores, que, não era verdade, ela vivia em uma relação preocupante. O voleibol até hoje está de luto - completou Virna.

Walewska morreu no dia 21 de setembro depois de cair do 17º andar na área de lazer do condomínio onde morava em uma região nobre de São Paulo (SP). A tragédia abala a comunidade do vôlei até hoje e atingiu outros meios fora do esporte.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade