PUBLICIDADE

Quem foi Renan Cavalari, a drag queen Sereia do Amazonas que morreu aos 31 anos

Artista criou a personagem em 2015, e também trabalhava como DJ em festivais do gênero tribal house

24 abr 2024 - 11h55
(atualizado às 12h17)
Compartilhar
Exibir comentários

Morreu nesta segunda-feira, 22, aos 31 anos, Renan Cavalari Popowicz, Dj, designer gráfico e artista drag queen intérprete da Sereia do Amazonas, em Londrina, no Paraná. A informação foi confirmada nesta terça-feira, 23, pela Fundação Artística de Londrina (Funcart), ONG que gerencia o Ballet de Londrina, a Escola de Dança e de Teatro e o Teatro de Lona. A causa da morte de Renan não foi informada.

O artista Renan Cavalari, conhecido por interpretar a "Sereia do Amazonas"
O artista Renan Cavalari, conhecido por interpretar a "Sereia do Amazonas"
Foto: @funcartlondrina Via Instagram / Estadão

"Com pesar comunicamos o falecimento do colaborador e ex-funcionário Renan Cavalari. Informamos que a Funcart decreta luto e suspende suas atividades no dia 23 de abril de 2024?, escreveu a Funcart em suas redes sociais. A mãe de Renan, Andreia, lamentou a morte do filho, explicando, também em um texto publicado nas redes sociais, que ele passara por problemas de saúde na semana anterior à sua morte.

Vida e carreira

O artista Renan Cavalari Popowicz , de 31 anos, começou sua carreira em Londrina, local onde morava com a mãe Andreia. Lá, ele fez teatro e cursou a faculdade de design gráfico, trabalhando como editor, social media e designer, segundo o jornal Folha de Londrina.

Renan criou, em colaboração com o diretor de teatro Silvio Ribeiro, a personagem Sereia do Amazonas, em 2015, para o espetáculo República. A Sereia, como era conhecida a drag queen de Renan, espalhava mensagens contra a LGBTfobia e a favor da diversidade. Em 2017, estreou sua peça solo. O artista também atuava como DJ, sendo uma figura de conhecida no cenário do gênero musical Tribal House.

A personagem Sereia do Amazonas, criada por Renan Cavalari
A personagem Sereia do Amazonas, criada por Renan Cavalari
Foto: @renanpopowicz Via Instagram / Estadão
Estadão
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade