PUBLICIDADE

'Mulher vai ao estádio e pergunta quem é a bola', diz Kajuru em fala machista durante CPI; Leila rebate

Presidente da CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas, senador Kajuru fez comentário machista à presidente do Palmeiras

5 jun 2024 - 17h00
(atualizado às 17h11)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução: TV Senado

O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) fez uma declaração machista durante uma sessão da CPI das Apostas Esportivas, afirmando que mulheres vão a jogos de futebol e perguntam "quem é a bola". A Comissão recebeu nesta quarta-feira, 5, a presidente do Palmeiras, Leila Pereira.

A fala, que ocorreu no início da sessão, era uma referência à presença da senadora Margareth Buzetti (PSD-MT) no plenário da CPI, que é a única mulher a fazer parte da Comissão.

"Representando as mulheres, ela [Margareth] que gosta de futebol, normalmente mulher vai ao estádio e pergunta quem é a bola. Não é o seu caso", afirmou Kajuru.

Na sequência, Leila Pereira rebateu o comentário machista do senador: "Kajuru, hoje tem presidente de clube mulher". "Kajuru, cala boca Kajuru", completou. A presidente do Palmeiras é a única mulher a comandar um time da série A. 

Leila foi convocada para depor na CPI na condição de testemunha, para responder a questionamentos feitos pelo dono do Botafogo SAF, John Textor, sobre supostos resultados combinados em partidas do campeonato, inclusive do Palmeiras.

Diante dos questionamentos dos parlamentares, a presidente do clube afirmou que não há qualquer prova de manipulação de partidas do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade